Política

SAÍRAM DA SEPULTURA – Nevada: 1.500 eleitores ‘mortos’ e 42.248 votaram ‘várias vezes’; isso não sai na Velha Mídia, já se fosse contra Trump….

Por Brehnno Galgane, Terça Livre

 Na quarta-feira (2), durante um pronunciamento, Donald Trump revelou que planeja apresentar ao tribunal estadual de Nevada informações sobre possíveis milhares de votos fraudulentos.

As autoridades disseram que entre as evidências e depoimentos de especialistas a serem apresentados em Carson City, há indicações de que mais de 1.500 cédulas foram apresentadas por eleitores mortos e 42.248 pessoas teriam votado “várias vezes”.

Além disso, seriam apresentados dados sobre um grande aumento nos registros eleitorais incompletos e endereços residenciais de acampamentos temporários.

As autoridades também acrescentaram que foram impedidas pelos Correios dos EUA e por funcionários estaduais e municipais em seus esforços para revisar votos e registros.

Seu foco tem sido no condado de Clark, onde Biden venceu por 90.922 votos. Biden ganhou 521.852 contra 430.930 do presidente Trump. Em contraste, em 2016, Trump ganhou 511.319 votos e perdeu para Hillary Rodham Clinton por apenas 26.434 votos.

Um dos líderes da iniciativa, o presidente da União Conservadora Americana, Matt Schlapp, disse à Secrets: “Em meus anos de experiência na política, nunca vi uma quantidade de votos ilegais como documentamos no Condado de Clark, Nevada. É um nível de corrupção que eu não pensei que pudesse acontecer em um país moderno e livre.”

Schlapp disse que se os votos ruins forem rejeitados, o presidente será o vencedor. “Não posso prever o que um juiz fará, mas qualquer americano justo chegaria à mesma conclusão: Trump ganhou Nevada por milhares de votos se as cédulas ilegais forem corrigidas”.

Fonte: https://www.epochtimes.com.br/nevada-1-500-eleitores-mortos-e-42-248-votaram-varias-vezes/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *