Política

LINHARES (ES) – oficializa adesão à consórcio nacional para compra de vacinas contra a Covid-19; todas as vacinas são experimentais e emergenciais, não se sabe de seus possíveis efeitos colaterais a médio e longo prazos

Linhares oficializou nesta segunda-feira, dia 15, um protocolo de intenções junto a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), para aderir ao consórcio nacional e garantir a aquisição de vacinas para o enfrentamento à Covid-19.

 

 Desde janeiro, quando os imunizantes começaram a ser aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Prefeitura de Linhares participa de discussões sobre a aquisição da vacina.

O projeto de lei que ratifica o protocolo de intenções para a aquisição de vacinas foi enviado para votação na Câmara Municipal de Linhares nesta segunda-feira (15).

Com a autorização, no último dia 2 de março, do Supremo Tribunal Federal (STF) para que estados, municípios e o Distrito Federal possam importar e distribuir os imunizantes o município confirmou a sua decisão de compra.  A adesão a um consórcio para aquisição conjunta, foi entendida como a opção que permite, além da segurança jurídica, uma maior possibilidade na negociação de valores e prazos para entrega.

O município optou pelo Consórcio Nacional por entender que o modelo é o que melhor se adequa às suas demandas e os recursos já estão reservados no orçamento previsto para este ano. Cabe ressaltar que a aquisição das doses segue os mesmos preceitos de todas as compras efetivadas pelo poder público, priorizando a transparência, legalidade e economia aos cofres públicos. Além da adesão ao consórcio, o Município também avalia outras propostas para a compra dos imunizantes.

“A expectativa pela vacina é a chance de revertermos o cenário triste que a pandemia tem imposto a tantos linharenses e capixabas. Nosso plano de imunização hoje depende do Governo Federal, mas precisamos estar preparados para todas as possibilidades de ampliar a aquisição de mais doses e proteger a vida da nossa população”, disse o prefeito de Linhares Guerino Zanon.

A articulação para adesão de Linhares foi acompanhada de perto pelo gabinete do vice-prefeito de Linhares, Bruno Marianelli,  que defende a união de esforços e frentes de trabalho que agilizem o processo de imunização da população.

“O município não poderia ficar de fora dessa iniciativa, a imunização dos linharenses é prioridade para a gestão. A vacina contra a Covid-19 representa esperança e trabalharemos todas as alternativas para trazê-la para Linhares”, ressaltou Bruno. Foto: Felipe Tozatto/Secom PML.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *