Juiz de Direito sofre infarto dentro de casa e é socorrido pelo Samu em Rio Branco
SAÚDE

Juiz de Direito de 43 anos sofre infarto dentro de casa e é socorrido pelo Samu

 

Sitio Nova Venécia

VENDO

 

 

 

 

O juiz titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar da Comarca de Rio Branco, Alesson Santos Braz, 43 anos, sofreu um infarto em casa, no último  sábado (25), em Rio Branco. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Pronto-Socorro da capital acreana.O diretor da unidade, Lourenço Vasconcelos, disse que o juiz de Direito não ficou muito tempo no Pronto-Socorro e foi encaminhado em estado estável para a urgência da Unimed, em Rio Branco.

Em nota, a Unimed disse ao g1 que não passa informações dos pacientes. “A Unimed Rio Branco é uma empresa privada de saúde. Somos responsáveis por resguardar a privacidade de qualquer paciente que esteja em nossos cuidados médicos. Não somos autorizados a dar qualquer informação sobre os pacientes internados em nossa unidade hospitalar”, informou.

g1 também procurou o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) e foi informado que a saúde do magistrado se trata de uma questão pessoal dele e que não iria se pronunciar sobre o caso.

Atividade no Acre

Alesson Santos Braz atua desde 2009 no TJAC. Entre os principais trabalhos dele estão: o caso do acusado pela morte do jovem Adriano Barros Cataiana, de 15 anos, dentro de um ônibus em Rio Branco, o caso da jovem Adriana Paulichen, de 23 anos, morta pelo marido Hitalo Marinho Gouveia, de 33 anos, e também o caso do policial penal Alessandro Rosas Lopes, acusado de ter matado um picolezeiro. Fotos: ASOM RJAC e Pixabay. Fonte: https://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2024/05/26/juiz-de-direito-sofre-infarto-dentro-de-casa-e-e-socorrido-pelo-samu-em-rio-branco.ghtml

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *