Economia

PREÇOS DE COMBUSTÍVEIS E GÁS – OPEP não aumentará produção para baixar preços, enquanto Biden implora o contrário; Biden cancelou perfuração no Alasca e acabou com oleoduto Keystone XL e preços dispararam

 

 A OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo)   acaba de desferir outro golpe em Joe Biden quando o Afeganistão cai nas mãos do Taleban. (Compartilhe essa notícia para que mais pessoas saibam).

A OPEP e seus aliados não planejam bombear mais petróleo, apesar de Joe Biden implorar para que aumentem a produção.

A administração Biden implorou na última quarta  feira à OPEP que aumentasse a produção à medida que os preços do gás aumentassem.

“O presidente reconhece que os preços da gasolina podem prejudicar o orçamento familiar”, disse à CNBC um alto funcionário da Casa Branca, que pediu para não ser identificado. “Ele gostaria que seu governo usasse todas as ferramentas de que dispunha para ajudar a lidar com o custo do gás, para ajudar a baixar esses preços”.

Exceto para perfuração no Alasca ou acabamento do oleoduto Keystone XL.

A primeira ordem de negócios de Joe Biden foi cancelar o oleoduto Keystone XL e interromper a perfuração.

Os preços do gás dispararam desde que Joe Biden foi instalado em janeiro. A média nacional para um galão de gasolina é de US $ 3,186 – mais um aumento de US $ 1 por galão no ano passado. (Continua).

 

 

 Agora Biden está implorando à OPEP e seus aliados para aumentar a produção de petróleo – e eles disseram não!.

Fonte e foto: https://www.thegatewaypundit.com/2021/08/opec-smacks-joe-biden-will-not-produce-oil-begs-supply/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *