SAÚDE

VÍDEOS – Aumentam casos de coronavirus confirmados e suspeitos no Brasil e no ES, números deverão disparar nos próximos dias; capixabas começam a corrida a supermercados; na Alemanha briga por papel higiêncio; ES suspende aulas e giro pelo mundo

 O número de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo chegou a oito, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), no início da noite desta segunda-feira (16).  (Continua).

  Até o domingo (15), eram quatro pacientes que tiveram resultado dos exames positivos para o novo coronavírus.

  A Sesa ainda investiga outros 134 casos suspeitos do Covid-19. Outras 77 suspeitas foram descartadas. No toal, a secretaria já recebeu 219 notificações de casos suspeitos da doença. (Continua).

 

  Conforme o boletim, a região Metropolitana tem sete pacientes com confirmação de Covid-19 e o caso restante é de um professor de Linhares. Os municípios onde foram registrados os novos casos não foram informados. (Continua).

 

  SUPERMERCADOS – Com a série de medidas preventivas anunciadas pelo Governo do Estado, como a interrupção de aulas nas redes pública e particular de escolas e universidades, além do afastamento de determinados funcionários para evitar grupos de pessoas em empresas e órgãos públicos, os supermercados da Grande Vitória começaram a registrar filas de pessoas e superlotação.

 Além do álcool em gel e itens de limpeza, como papel higiênico, a busca por alimentos também vem resultando em prateleiras vazias.

 AULAS SUSPENSAS – As aulas em todas as escolas estaduais vão ser suspensas e as férias de julho, antecipadas. O anúncio acaba de ser feito pelo governador do Estado, Renato Casagrande, na tarde desta segunda-feira (16).

 As escolas ainda vão permanecer abertas desta segunda-feira até sexta-feira (20). A partir da próxima segunda-feira (23) até o dia 4 de abril, 15 dias no total, não haverá aulas.

 BRASIL – O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda (16) novo balanço dos casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil: são 234 casos. Além disso, o balanço tem os seguintes destaques:

234 casos confirmados, eram 200 no domingo

2.064 casos suspeitos

1.624 casos descartados

Transmissão comunitária em SP e no Rio

18 pessoas estão hospitalizadas (7% do total)

São 152 casos confirmados em São Paulo e 31 no Rio de Janeiro. Ao todo, 15 estados e o Distrito Federal têm casos confirmados. Atualmente, a idade média dos infectados é de 40 anos.

 MUNDO

Casos fora do balanço

O balanço diário do governo federal não contabiliza outros casos já confirmados pelas secretarias estaduais de saúde. Consultados pelo G1, os órgãos estaduais apontam que há outros 62 casos que ainda não entraram no balanço federal divulgado durante a tarde, o que eleva o número total para 296.

Os mais de 60 casos que ainda não entraram no balanço estão distribuídos pelo Distrito Federal e mais sete estados: BA, CE, ES, GO, MG, MS, PE, RS e SE.

Transmissão comunitária: SP e RJ

O balanço chegou a acrescentar nesta segunda-feira o Distrito Federal entre as cidades com casos de transmissão comunitária, que é aquela verificada quando as autoridades de saúde não conseguem rastrear a origem da infecção. O status já era verificado em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Entretanto, o DF foi tirado da lista pouco mais de uma hora depois da divulgação do balanço porque as autoridades conseguiram rastrear a origem das transmissões e mudaram o status dos casos. Há no Brasil oito casos no Rio de Janeiro e 13 em São Paulo.

O que é transmissão local, comunitária ou sustentada do coronavírus?

Situação no mundo

Os números de casos e de mortes por Covid-19 fora do território chinês já ultrapassaram os registrados na própria China, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, nesta segunda-feira (16).

Segundo monitoramento da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, foram registradas, em todo o mundo, 7.074 mortes pela doença. Dessas, 3.217 ocorreram na China. Fontes: G1 e A Tribuna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *