SAÚDE

COVID 19 PODE PIORAR – A OMS alertou que o mundo está se aproximando de “a maior taxa de infecção durante a pandemia”

O diretor-geral do órgão, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que a situação é preocupante. “O número de novos casos por semana quase dobrou nos últimos dois meses”, explicou. (Continua).

 

 O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus , alertou que o mundo “está se aproximando do maior índice de infecção pelo COVID-19 até agora durante a pandemia” , devido ao grande aumento de casos em diversos países.

Em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira em Genebra (Suíça), Tedros lamentou que os infectados e as mortes por COVID-19 “continuem a aumentar a uma taxa preocupante . ” “Em todo o mundo, o número de novos casos por semana quase dobrou nos últimos dois meses “, disse ele.

De acordo com seus dados, esses números indicam que “está se aproximando da maior taxa de infecção que vimos até agora durante a pandemia” . Tedros observou que uma das razões é que alguns países que antes evitavam a transmissão generalizada de COVID-19 agora estão vendo “um aumento acentuado nas infecções” .

Tedros citou Papua-Nova Guiné como exemplo , que no início do ano havia relatado menos de 900 casos e 9 mortes . No entanto, já relatou mais de 9.300 positivos e 82 mortes . “Embora esses números ainda sejam inferiores aos de outros países, o aumento é acentuado e a OMS está muito preocupada com a possibilidade de uma epidemia muito maior ”, disse.

A Ministra da Saúde de Papua Nova Guiné, Jelta Wong, disse que ainda há um problema no país com pessoas usando máscaras e descrença sobre a própria doença , complicando os esforços para distribuir as vacinas.

Membros da OMS disseram que nesta semana três equipes médicas de emergência chegaram ao país oceânico vindas da Austrália, Estados Unidos e Alemanha .

“A situação é extremamente difícil no momento”, disse Takeshi Kasai , diretor regional da OMS para o Pacífico Ocidental, referindo-se a Papua-Nova Guiné.

Até agora, a iniciativa COVAX distribuiu cerca de 40 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus para mais de 100 países , o suficiente para proteger cerca de 0,25% da população mundial.( Fonte: Infobae. Com informações da EFE, Reuters e AP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *