SAÚDE

15 VÍDEOS – China e Coreia do Norte ameaçam Inglaterra; Gilmar Mendes diz que “Exército se associa a um genocídio”: Qual, Gilmar? Onde tem genocídio ? Só se for o “Genocídio de processos engavetados há anos no STF” que não deixam que a justiça sejam feitas ou bebeu vinho de mais e caríssimo pagos com nossos impostos para falar uma asneira dessa? ; e outras importantes notícias

 

  O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, afirmou, ontem  (11), que o Exército Brasileiro está se associando a um “genocídio”. *Vídeos que viralizam em milhões de celulares no Brail e no mundo.  (Continua).

 

 

 

 

A declaração foi feita ao se referir à crise sanitária instalada no Brasil em meio à pandemia do novo coronavírus.

Em videoconferência realizada pela revista IstoÉ, Gilmar Mendes declarou:

“Não podemos mais tolerar essa situação que se passa no Ministério da Saúde. Não é aceitável que se tenha esse vazio. Pode até se dizer: a estratégia é tirar o protagonismo do governo federal, é atribuir a responsabilidade a estados e municípios. Se for essa a intenção é preciso se fazer alguma coisa.”

E completou:

“Isso é péssimo para a imagem das Forças Armadas. É preciso dizer isso de maneira muito clara: o Exército está se associando a esse genocídio, não é razoável. É preciso pôr fim a isso.”

 

Alerta para mais um vírus raro no Brasil (Continua).

 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) detectou, na cidade de Ibiporã, no Paraná, um caso humano de infecção respiratória provocada por uma mutação do vírus influenza A H1N2, com potencial pandêmico.

 O vírus circula em porcos e tem, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), potencial para gerar uma pandemia. O anúncio foi feito na sexta-feira, pela própria OMS em seu site. (Continua).

 

 

A paciente é uma mulher, 22 anos, e trabalha em um matadouro e apresentou problemas respiratórios e sintomas de gripe, em abril.

 A Fiocruz foi acionada e confirmou a infecção na paciente, que foi medicada em casa com oseltamivir (Tamiflu) e está curada.

 A Secretaria de Saúde do Paraná informou que está sendo realizada uma investigação em vários municípios, envolvendo trabalhadores do frigorífico e outras pessoas que possam ter tido contato.

 Até ontem, só 26 casos de influenza A H1N2 foram documentados desde 2005 em todo o mundo, incluindo outros dois no Brasil.

 

Linhares conta com 47 mortes por covid-19, ontem (11), o município perdeu um de seus profissionais da área médica dos mais queridos.

Dr. Aloísio (foto) , de Linhares, médico vítima do Covid-19. Que Cristo, na sua imensa bondade e amor, o tenha recebido de braços abertos.

 

 Linhares sofreu a primeira morte de um profissional de saúde causada pelaCovid-19. A prefeitura do município comunicou, neste sábado (11), a morte de um idoso de 66 anos, em virtude da doença.

A nota não informa nome, nem profissão. Entretanto, segundo apurações do Tribuna Online, trata-se de um médico anestesiologista, que trabalhava em um hospital no município. Linhares soma, neste momento, 47 mortes causadas pelo novo coronavírus.

 

Hospital emite nota sobre afastamento de médica

A médica Nise Yamaguchi foi afastada do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.

O afastamento gerou uma forte repercussão nas redes sociais, pois Nise é defensora da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19 em seu estágio inicial.

Devido tamanha repercussão do caso, o hospital decidiu se pronunciar.

Em nota, o Albert Einstein alega que a oncologista e imunologista fez uma “analogia infeliz e infundada” da médica durante uma entrevista “entre o pânico provocado pela pandemia e a postura de vítimas do Holocausto”. (Continua).

 

 

Ao dizer que “você acha que alguns poucos militares nazistas conseguiriam controlar aquela massa de rebanho de judeus famintos se não os submetessem diariamente a humilhações, humilhações, humilhações?”, acrescenta a nota.

O outro lado

A informação de que Nise Yamaguchi foi afastada por causa da defesa da hidroxicloroquina foi feita pela própria imunologista. (Continua).

 

 

 

Ela disse que recebeu uma ligação em que afirmaram que o crachá dela não valia mais.

“Recebi uma ligação hoje (sexta) de que a partir de agora eu estaria suspensa das minhas atividades, que meu crachá não vale, etc, etc. Levei o maior susto. Baseado na questão da hidroxicloroquina que o hospital não endossa e baseado no que eu falei numa live que eu estava muito preocupada com o sofrimento das pessoas que estão em casa morrendo de doenças outras”, disse ela em videoconferência com Claudio Tonelli.

 

Anvisa alerta que ivermectina não é recomendada contra coronavírus

O remédio antiparasitário não tem eficácia contra a covid-19, diz a Anvisa.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reforçou que o uso de ivermectina não é recomendado para o tratamento de pacientes infectados com o coronavírus.

Em nota publicada em seu portal, a Anvisa alerta:

“Diante das notícias veiculadas sobre medicamentos que contêm ivermectina para o tratamento da Covid-19, a Anvisa esclarece: (Continua).

 

 

Inicialmente, é preciso deixar claro que não existem estudos conclusivos que comprovem o uso desse medicamento para o tratamento da Covid-19, bem como não existem estudos que refutem esse uso.

Até o momento, não existem medicamentos aprovados para prevenção ou tratamento da Covid-19 no Brasil.

Nesse sentido, as indicações aprovadas para a ivermectina são aquelas constantes da bula do medicamento.

Cabe ressaltar que o uso do medicamento para indicações não previstas na bula é de escolha e responsabilidade do médico prescritor.”

 

Brasil vira palco de embate entre embaixadores dos EUA e da China (Continua).

 

Canal do Professor, no Youtube – Recomendamos

 

Embaixador chinês não gostou de comentário de seu colega dos EUA sobre a repressão aos uigures.

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, atacou, neste domingo (12), o principal diplomata dos Estados Unidos em terras tupiniquins.

Em mensagem no Twitter, Wanming disse que o embaixador norte-americano Todd Chapman veio ao Brasil ao Brasil “com a missão especial, que é atacar a China com boatos e mentiras”:

“Olha, esse homem vem ao Brasil com a missão especial, que é atacar a China com boatos e mentiras, aconselhamos que pare de fazer atividades desse tipo e faça bem o seu trabalho o que fazer. Uma formiga tenta derrubar uma árvore gigante, ridiculamente exagerando em sua capacidade.” (Continua).

 

 

 

A declaração do diplomata chinês foi uma resposta a denúncia de Chapman, que criticou as ações do regime comunista contra a minoria muçulmana dos uigures:

“Esterilização em massa de mulheres uigures pelo Partido Comunista Chinês—-silêncio não é uma opção.”

Na última segunda-feira (6), Chapman disse que o mundo não pode ficar em silêncio perante os campos de concentração na China:

“Este é um esforço sistemático e brutal para apagar a identidade étnica, cultural e religiosa na China.” (Continua).

 

 

Apex cancela contrato com grupo que ajudou ação do Facebook (Continua).

 

 

 

Agência alegou questões estratégicas para finalizar o contrato. As contas eram ligadas a família Bolsonaro.

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) cancelou a parceria com a Atlantic Council, instituição dos Estados Unidos que ajudou o Facebook a derrubar contas ligadas a gabinetes de políticos alinhados ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

O contrato iria até outubro, mas a Apex solicitou o encerramento na última quinta-feira (9). De acordo com o órgão, o pedido foi feito por “questões estratégicas”. (Continua).

 

 

 

A Atlantic Council é responsável pelo Digital Forensic Research Lab (DRFLab), laboratório que participou da investigação que identificou as contas com supostos comportamentos “inautênticos e coordenados”.

A rede social disse que as contas agiam desde a campanha eleitoral de 2018 sem informar a verdadeira identidades dos administradores — o que viola a política interna da rede social.

 

Governo mantém militares na Amazônia (Continua).

 

 

Em decreto publicado no Diário Oficial da União, nesta  última sexta-feira (10), o presidente Jair Bolsonaro manteve as Forças Armadas em áreas de conservação da Amazônia até o dia 6 de novembro deste ano.

O primeiro decreto, publicado em 7 de maio, autorizava a ação das Forças Armadas no local até 10 de junho deste ano.

As autoridades atuam em faixa de fronteira, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos Estados da Amazônia Legal.

 

Equipe da OMS vai à China investigar origem do coronavírus

 EUA celebraram a investigação da OMS sobre a origem do coronavírus na China.

Uma equipe avançada da Organização Mundial da Saúde (OMS) partiu para a China para coordenar uma investigação sobre as origens do novo coronavírus. (Continua).

 

 

 

A porta-voz Margaret Harris afirmou, na última  sexta-feira (10) que dois agentes da entidade trabalharão com cientistas chineses para determinar a abrangência e o itinerário da pandemia, destaca o portal UOL.

O governo dos Estados Unidos celebrou a investigação iniciada pela OMS sobre as origens do coronavírus em território chinês. (Continua).

 

 

 

“Vemos essa investigação científica como uma etapa necessária para uma compreensão completa e transparente de como esse vírus se disseminou pelo mundo”, disse a jornalistas o embaixador dos EUA nas Nações Unidas em Genebra, Andrew Bremberg, destaca a agência France-Presse.

 

Trump promete aprovar reforma no sistema de imigração dos EUA (Continua).

 Recentemente, a Suprema Corte impediu Trump de eliminar programa que protege os jovens que chegaram ao país menores de idade da deportação.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, afirmou, nesta sexta-feira (10), que vai aprovar uma reforma migratória no país através de uma ordem executiva. (Continua).

 

 

 

O chefe da Casa Branca disse que a imigração agora vai ser baseada no “mérito” e oferecerá um caminho para a cidadania dos estudantes conhecidos como “sonhadores”.

O mandatário norte-americano não deu detalhes sobre a iniciativa ou os desafios que teria que encarar sobre o tema no Congresso, destaca a rádio Jovem Pan.

Trump, que visitou Miami e se reuniu com as comunidades cubana e venezuelana da região, fez a declaração em entrevista à rede de televisão americana em idioma espanhol “Telemundo”. Fontes: A Tribuna (ES) e Renova Mídia. Foto de Capa: Renova Mídia.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *