ato em defesa a lula no uruguai radargeral.com foto ptato em defesa a lula no uruguai radargeral.com foto pt
Política

Haddad participa de ato em defesa de Lula no Uruguai

Dobre seu capital em 30 Dias!

Na sequência ocorreu um ato público em defesa da democracia brasileira.

A visita ao carismático “Pepe” Mujica aconteceu as 17h, hora de Brasília.

Em agenda intensa ontem (11) em Montevidéu, Fernando Haddad e um grupo de parlamentares do PT farão uma visita ao ex-presidente uruguaio, José “Pepe” Mujica, e participarão de ato público com dirigentes e lideranças da Frente Ampla, coalizão de partidos que desde 2005 governa o Uruguai.

As atividades foram sugeridas pela deputada Benedita da Silva (PT-RJ), integrante do Parlamento do Mercosul, que teve sessão nesta segunda-feira (10). Os senadores Humberto Costa (PT-PE) e Lindbergh Farias (PT-RJ), outros membros petistas do Parlasul, também acompanham Haddad na passagem pela capital uruguaia.

A visita ao carismático “Pepe” Mujica aconteceu as 17h, hora de Brasília, na chácara onde o ex-presidente vive, no bairro Rincón del Cerro, a 20 Km do centro de Montevidéu. Em seguida, às 19h, Haddad e a comitiva parlamentar tiveram  reunião com Javier Miranda, presidente da Frente Ampla.

Na sequência ocorreu um ato público em defesa da democracia brasileira e do ex-presidente Lula na Casa Sindical Pepe D’Elia. A atividade, prevista para as 20h, e organizada pelo Comitê em Defesa da Democracia e da Liberdade de Lula e contará com a participação da Bancada Progressistas do Parlasul, composta por parlamentares da Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela. O ato terá transmissão online.

Por fim, Haddad terá um jantar com Daniel Martinez, prefeito de Montevidéu e um dos quatro pré-candidatos da Frente Ampla para a eleição presidencial do Uruguai, que ocorrerá em outubro do próximo ano. Os outros três pré-candidatos da coalizão são Carolina Cosse, atual ministra de Indústria, Mineração e Energia do governo Tabaré Vázquez; Óscar Andrade, dirigente sindical; e Mario Bergara, ex-ministro de Economia e Finanças e ex-presidente do Banco Central do Uruguai.

Parlasul – O Uruguai assumiu  segunda-feira (10) a presidência do Parlamento do Mercosul com Daniel Caggiani, 35, da Frente Ampla. O mandato tem um ano de duração e em 2017 o cargo foi ocupado pelo deputado brasileiro Arlindo Chinaglia (PT-SP).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *