Polícia

PASTORA JULIANA : desistência de sete testemunhas

As testemunhas de defesa também são questionadas pelos advogados de acusação, e isso enfraquece as defesas da pastora e de Georgeval, segundo a defesa de Juliana.

A audiência de instrução que aconteceria que aconteceria no dia 12 próximo  foi cancelada pela justiça. O fato foi a desistência, por parte da defesa da Pastora Juliana,  de sete testemunhas. A advogada da pastora mante somente o depoimento de três testemunhas, que vão ser ouvidas dia 19 próximo em Linhares.

 A última audiência ocorreu no dia 5 de fevereiro e durou cerca de sete horas  e foi marcada pelo choro dos acusados e pedidos de justiça por parte de familiares das duas crianças.

Dobre seu capital em 30 Dias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *