Geral

SENADOR CONTARATO – Deve desculpas e parece incitar o ódio contra o presidente em rede social, vai além da crítica chamando-o de “Genocida” – isso nem de longe acontece no Brasil, o senador delira

Após os anúncios:
  Da Redação:

Para início de conversa, uma pergunta: Você gostaria de ser acusado por um crime que não cometeu ? que se quer foi aos tribunais para se defender de determinada acusação?

 Com certeza, não, e iria processar quem o acusou.

  O senador capixaba Contarato, usando de sua imunidade parlamentar e Liberdade de Expressão, do Artigo Quinto, da Constituição Federal,  acusa com várias postagens no twitter o presidente e seu governo de “Genocida”.  O crime só existe no cérebro  do senador. É a  ladainha de todos da esquerda nas redes sociais.

 Isso é uma inverdade intelectual, mesmo que o senador não goste das políticas do presidente e muito menos dele. Isso não é crítica. Entendemos como perseguição e incitação ao ódio contra o presidente. (Continua).

 É acima de tudo falta de respeito e ajuda a arranhar a imagem internacional do País. Se qualquer um de nós ousássemos fazer qualquer brincadeira ou palavra mal entendida da homossexualidade de Contarato – um direito dele e ninguém tem nada a ver com isso, e não o torna diferente de ninguém, e sua família é muito bonita, conforme fotos de companheiro e filho adotivo nas redes sociais – o senador não iria gostar e processaria com certeza essa pessoa. Na hora.

 Mas porque, então, Contarato acusa o presidente de uma prática que não acontece em nosso País?  Na visão do senador, então, podemos entender que todos os presidentes mundiais no momento  são genocidas.

 Por ser uma doença nova, ainda desconhecida, que se auto transforma em novos vírus, presidentes de todo o mundo erraram e acertaram tentando encontrar uma saída.

 O Senador chegou ao absurdo – absurdo mesmo – de pedir que o  presidente pagasse com descontos na sua Folha de Pagamento  pela produção por parte do  Governo da Cloroquina na justiça, conforme o Blog de Reinaldo Azevedo e várias matérias na mídia, quando, na verdade, como não há vacina segura ainda, há relatos de centenas de médicos  que adotaram o medicamento com outras substâncias nos primeiros sete dias de sintomas que salvaram milhares de vidas. Há, ainda, testemunhos de centenas de pacientes que se curaram com o “Kit Covid”, como é chamado o procedimento. Na história, a ciência acertou errando. O Brasil  se não for o primeiro, está entre os primeiros que mais curaram pacientes.

 Acusar Messias Bolsonaro de Genocídio é injusto. É grave. “Poderia” ser interpretado como sendo crime. Primeiro porque não há genocídio algum  em nosso País. Segundo, não foi do nosso País que se originou o novo coronavírus. Em terceiro, o Supremo Tribunal Federal – A Nossa Maravilha Guardiã da Justiça – tirou do presidente o poder de intervir em estados e municípios, só o envio de verbas, que desviaram aos montes.

E, ainda, 17 dias antes do carnaval Messias Bolsonaro editou Decreto de Emergência alertando prefeitos e governadores da presença da doença no país e para tomarem medidas urgentes através das secretarias de estado da Saúde e do Sistema Único de Saúde (SUS). Prefeitos e governadores simplesmente  ignoraram o alerta, não cancelaram o carnaval  e milhares de turistas com o vírus vieram de várias partes do mundo e espalharam o coronavírus por todos os cantos do País. Cadê as críticas do senador a prefeitos e governadores? Vai chamá-los também de genocidas, senador? (Continua).

 

 

O Senador só queimou e queima o seu filme. Foi eleito de forma esmagadora pela Direita e Conservadores  capixabas , que queriam uma mudança radical.

 Conservadores e da Direita no Estado  sabem que hoje foi um erro ter votado em Contarato pois , logo a seguir, se surpreenderam com suas agendas e bandeiras. Não as conheciam. Contarato era um produto novo na política.

 Conheci Contarato pessoalmente no Centro de Linhares ao lado de um empresário  querido, respeitado, admirado, humilde e  caridoso  da cidade  que todo alegre  o apresentou-me e pedia votos para o senador. Resultado: até hoje, nem um recado de agradecimento por WattsApp por parte do senador ao empresário. Se o senador voltar a procurar o empresário para pedir apoio político, educado que é, até recebe o senador, mas votar e apoiar nunca mais, nas palavras do empresário.

 Contarato já perdeu grande parte de seus eleitores. Se sua reeleição fosse esse ano, a maioria dos que o elegeram com certeza não votaria de novo. Se vier a reeleição, vai ter de procurar votos na esquerda.

 Mas como homem do bem, honrado que é, preocupado com a justiça para todos nós, não só para “Vidas negras importam”, mas “a de brancos também importam”, na próxima oportunidade que estiver pessoalmente com Messias Bolsonaro irá pedir desculpas por suas injustas acusações.

 Porque o senador  não direciona suas críticas a China que escondeu números e informações e há denúncias de que o vírus foi criado em laboratório? E porque não a OMS, que hora diz uma coisa, outra outra?

 Se até a OMS, com os melhores médicos e cientistas à disposição erra e errou feio, imagina um presidente  que pegou um país arrasado, quebrado, mal tratado, desacreditado depois de vários anos de governo petista que teve sua diretoria quase toda presa por corrupção?

 O Senhor está sendo muito injusto e intolerante ao acusar o presidente e seu governo de “Genocida”. * Usamos a mesma liberdade de expressão do senador, garantida na Constituição. Senador, veja abaixo fotos de genocídio e se Messias Bolsonaro faz isso? Conte outra história, Contarato. Vira o disco. Isso é Genocídio: Nem todos os genocídios da história  estão representados nas fotos abaixo, só os praticados pelo Kmmer Vermelho, China de  Mao, Cuba e Alemanha Nazista. As fotos são publicadas com profundo respeito as vítimas e seus familiares. * Espaço aberto a Contarato para contestações, caso queira.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *