Geral

LINHARES – Bebedeira de adolescentes em Pontal preocupam autoridades, menos os pais, que são distantes, mau tendo tempo para eles mesmos

 Pelo menos 600 adolescentes  e pessoas que curtiram festas foram atendidas pela unidade de saúde de Pontal do Ipiranga nos 12 primeiros dias deste ano por excesso de bebidas alcoólicas.

 

  A média é de 54 atendimentos por dia, dois por hora e um a cada trinta minutos. Um exagero. (Continua).

 Em entrevista ao Bom dia, da TV Gazeta, a enfermeira Caroline Alves Macedo afirmou que o problema deixou as autoridades do município em alerta. (Continua).

 “A prefeitura de Linhares montou uma estrutura para atender as festividades durante os dias de verão. Mas estamos sobrecarregados”, disse a enfermeira. (Continua).

 Segundo a reportagem, os adolescentes são os mais vulneráveis e os que mais preocupam, e as meninas bebem tanto quanto os homens e chegam desacordados ao Pronto Atendimento. (Continua).

  “As meninas, assim, ficam vulneráveis e podem sofrer alguma agressão, principalmente a sexual. Nossa conduta é acionar o Conselho Tutelar para que os pais ou responsáveis sejam acionados e buscam esse paciente na unidade”, concluiu. Fotos: Felipe Reis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *