Você Acredita?

ÊITA BRASIL – Fazendeiros de cidade de MG vão ter de indenizar o MST por expulsão

Produtores rurais contrataram grupo para retomar controle de terras; desembargadores asseguram que houve violência. (Continua).

 

 O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou fazendeiros de Campina Verde (MG) a indenizar membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A decisão dos desembargadores foi publicada em 4 de março. Os magistrados argumentaram que os produtores rurais expuseram os invasores a “vexame” e “constrangimento” durante processo de reintegração de posse clandestino. Dessa forma, estabeleceram multa de R$ 8 mil por danos morais aos autores do processo.

Tudo começou em 2003, quando os donos das terras invadidas no ano anterior contrataram um grupo paramilitar com a finalidade de retomar o controle da propriedade. Segundo boletim de ocorrência feito à época pelo MST, mulheres foram arrastadas pelos cabelos, levadas para a sede da fazenda e colocadas em um caminhão gaiola — entre os assentados havia, ainda, idosos, salienta o documento. Os proprietários negam e falam em legítima defesa do direito de propriedade privada. Fonte: Revista Oeste.  Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *