SAÚDE

10 VÍDEOS A VERDADE – Bolsonaro decretou Estado de Emergência em 4 de fevereiro deste ano para conter coronavírus e governadores, alertados, simplesmente ignoraram e permitiram a realização do carnaval; 500 vezes “Desculpa” é obrigado escrever turista que desrespeitar quarentena na Índia; 700 corpos em decomposição retirados dentro de casas no Equador; site diz ” que coronavírus é o momento perfeito de abolir a família”, entre outras principais notícias do ES, do Brasil e do mundo sobre a tragédia mundial do vírus

  O presidente Jair Bolsonaro decretou  Estado de Emergência para conter o coronavírus em 4 de fevereiro deste ano , segundo publicou naquela data a Folha de São Paulo. Alertados, os governadores simplesmente ignoraram  o Decreto e realizaram em seus estados o carnaval onde milhares de turistas vieram para o Brasil assintomáticos – possuíam o vírus  mas a doença não se manifestou ainda até aquela data. Vieram de várias partes do mundo.

  Esses turistas assintomáticos beijaram, transaram, foram a hotéis, restaurantes, motéis, andaram de taxis, pularam no meio da multidão, tossiram, espirraram, cuspiram,  contaminaram elevadores e tudo por onde passaram. O presidente alertou  e os governadores  ignoraram. Agora, a mídia, e  muitos governadores tentam empurrar o abacaxi para cima de Bolsonaro. Mas o presidente fez a sua parte de informar e alertar os governadores com o Decreto. Não podemos permitir uma inverdade intelectual de só acusar um lado. Os governadores foram irresponsáveis. E agora, todos nós pagamos a conta. Se, naquela data, os governadores tivessem seguido a orientação do Governo, nossa tragédia perante ao coronavírus seria muito menor. Essa é a mais pura e a maior das verdades.

   O Decreto foi publicado, conforme a folha, em edição extra do DOU (Diário Oficial da União) e define que o centro de operações  de emergência  será a estrutura Federal  por articular políticas de prevenção à nova  doença.

  Conforme ainda a Folha, “ na medida o Ministério da Saúde ressalta  que a epidemia é um evento complexo e que demanda um esforço do SUS  para identificar eventuais  afetados e para a implementação de políticas para reduzir número de transmissão”.

  “ Esse evento está sendo observado  em outros países do continente americano  e a investigação local demanda uma resposta coordenada de ações de saúde de competência  da vigilância  e atenção a saúde, entre as três esferas de gestão do Sus”, ressaltou. (Continua).

 

  “O Decreto  permite à Secretaria de Vigilância em Saúde solicitar ao Ministério da Saúde  a contratação temporária de  profissionais da saúde, a aquisição de bens (como equipamentos) e a contratação de serviços”, concluiu a Folha de São Paulo”. Abaixo, algumas fotos do carnaval desse ano em Vitória, Salvador, São Paulo, Rio e Olinda, sem contar em todo os estados,  que deveriam  ter sidos  cancelados, mas os governadores ignoraram o alerta da Presidência. Imagina agora o que aconteceu ? com milhares de turistas misturados no meio dessas multidões ? O resultado está aí e só vai piorar nos próximos dias. Acusar o presidente é a mais pura das sacanagens da mídia e dos governadores. Se você concorda com essa verdade, compartilhe para que ela  não fique oculta. Os brasileiros de verdade irão compartilhar. Tem de fazer panelaços contra o Governo Comunista da China – PCC – que empurrou essa porcaria de vírus para todo o mundo trazendo mortes, dores, desespero, choro, terror e destruição de países, além dos governadores de seus estados que foram negligentes e irresponsáveis. Não se deixem manipular pela grande midia.

 

   O Espírito Santo registrou cinco mortes por coronavírus nas últimas 24 horas, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), em boletim divulgado no início da noite deste domingoo (12)

 Com isso o total de mortes por conta da covid-19 no Estado já chega a 14.

  Segundo a Sesa, as duas primeiras vítimas são uma mulher, de 85 anos, e outra, de 94 anos, ambas moradoras de uma Instituição de Longa Permanência (ILP), em Vitória.

  A terceira vítima é um homem de 37 anos, morador da Serra, que estava internado no Hospital Doutor Jayme, na Serra.

   A quarta vítima é um homem, de 68 anos, morador de Cariacica, que estava internado em hospital filantrópico de Vila Velha; e a quinta pessoa morta pela covid-19 é uma mulher de 93 anos, moradora da Serra, que estava internada em hospital particular, em Vila Velha, cujo óbito foi registrado  sábado (11).

  De acordo com a Sesa, todos eles tinham algum tipo de comorbidade e ainda há outras sete mortes em investigação.

  O Estado já tem 430 casos confirmados do novo coronavírus e outros 1.568 estão em investigação. No Espírito Santo, 41 pessoas já se curaram da doença.

 Em Linhares (ES)

 O Município de Linhares fechou o domingo (12) com nove (9) casos confirmados para a Covid-19, conforme o boletim epidemiológico divulgado neste Domingo de Páscoa.

Dos 9 confirmados, são 5 curados clinicamente, 3 em isolamento domiciliar e 1 óbito.

Seguem os dados do Boletim Oficial 26 com um recado importante: FIQUEM EM CASA!

✅ 237 casos notificados;

✅ 9 confirmados;

✅ 1 óbito;

✅ 176 descartados;

✅ 52 casos suspeitos.

  Todos os exames são realizados no Laboratório Central do Espírito Santo – Lacen-ES -, único credenciado pelo Ministério da Saúde em território capixaba.

  Reforçamos a todos que os canais oficiais com as informações da Prefeitura são as redes sociais do Município.

Bolsonaro: “Parece que está começando a ir embora a questão do vírus”

 Jair Bolsonaro disse neste domingo, durante live com líderes evangélicos, que o novo coronavírus está “indo embora” do Brasil”, enquanto o desemprego “está chegando”.

 “É o que eu tenho dito desde o começo, há 40 dias. Temos dois problemas pela frente, o vírus e o desemprego. Quarenta dias depois, parece que está começando a ir embora a questão do vírus, mas está chegando e batendo forte a questão do desemprego.”

Padre de Maceió está na UTI após testar positivo para a Covid-19

 O padre Monsenhor Rubião Lins Peixoto, 85 anos, responsável pela Igreja Nossa Senhora de Lurdes, no bairro Gruta, em Maceió, está internado após testar positivo para covid-19 (novo coronavírus).

 O pároco foi internado na última quinta-feira, 09, após apresentar complicações clínicas. Ele está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular. A família do padre preferiu não informar o nome do hospital.

 De acordo com a Arquidiocese de Maceió, a família também informou que o estado de saúde do monsenhor é considerado grave.

  Para cada 10 mil habitantes no AM há 2 respiradores e um leito de UTI no SUS, diz pesquisa

 MANAUS – Para cada 10 mil habitantes no Amazonas há 2,02 respiradores e um leito de UTI no SUS (Sistema Único de Saúde). Os números são de mapeamento da Folha de São Paulo das áreas e equipamentos médicos imprescindíveis no combate ao novo coronavírus. A pesquisa mostra quais estados brasileiros estão mais bem preparados para enfrentar a pandemia. Até esse sábado, 11, foram confirmados 1.050 casos e 53 mortes pela doença no Amazonas.

 A pesquisa considera os dois principais eixos do sistema de saúde no combate à Covid-19: atendimento básico e triagem para o encaminhamento de pacientes segundo a gravidade e estrutura para casos graves nas UTIs, e leitos equipados com ventiladores para respiração mecânica.

 No Amazonas, a maior quantidade de leitos de UTI está concentrada na rede privada, em que a média é de 3,3 leitos para cada 10 mil habitantes. Considerando o total de leitos na rede pública e particular a média é de 1,3. A estrutura para casos graves do estado atende às recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), que estabelece como ideal 1 ou mais leitos de UTI a cada 10 mil habitantes.

 Pesquisador da UFRJ afirma que há em torno de 60 mil leitos de UTI no Brasil

 Leonardo Mattos pesquisador do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ (IESC-UFRJ), foi entrevistado na BandNews FM, nesse sábado, 11.         O pesquisador afirmou que há, atualmente, algo em torno de 50 a 60 mil leitos de UTI nos estados, a grande maioria nas regiões Sul e Sudeste.

Presidente de Câmara de Vereadores morre por Coronavírus

 O vereador Cícero Pinheiro (PTB), presidente da Câmara Municipal de São Lourenço da Mata, no Grande Recife, teve a morte confirmada pelo novo coronavírus no boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde neste domingo (12). Além de Pinheiro, outras 12 mortes foram confirmadas e Pernambuco chegou a 85 óbitos por Covid-19 e 960 casos confirmados. (Continua).

 

  O político morreu na sexta-feira (10), após três dias internado no Hospital da Polícia Militar. Na nota divulgada no sábado (11), a Polícia Militar já havia informado que ele tinha “quadro clínico compatível com Covid-19”, mas que ainda era aguardado o resultado do exame.

 O vereador foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na quinta-feira (9). Pinheiro, que era policial militar da reserva, tinha 42 anos e deixou esposa e três filhos. Segundo a assessoria do político, ele era diabético e hipertenso.

  O prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira (PTB), decretou luto de sete dias na cidade, contando a partir do sábado (11).

 Coronavírus em Pernambuco

   Ontem (12), fez um mês desde os dois primeiros casos confirmados de Covid-19 no estado. Foram registradas 144 pessoas a mais com a doença do que no sábado (11), quando havia 816 confirmações de pessoas com a doença.

 Dos 960 casos, 548 estão em isolamento domiciliar e 281 pessoas estão internadas, sendo 40 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 241 em leitos de enfermaria. Outros 46 pacientes estão curados da doença, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

“O pico está se antecipando”, diz governador do Amazonas

 Em pronunciamento na tarde deste domingo, o governador do Amazonas, Wilson Lima, reforçou a recomendação de isolamento social no estado.

 “O pico está se antecipando porque as pessoas não estão respeitando o isolamento social. Nossa previsão era primeira semana de maio, mas está se antecipando. Se o isolamento não acontecer, as pessoas vão morrer nas ruas, em casa. Isso não é exagero, não”, afirmou. Continua).

 

   O número de mortes causadas pelo novo coronavírus no Amazonas subiu para 62 neste domingo. Em todo o estado, 1.206 pessoas foram diagnosticadas com Covid-19.

 Na semana passada, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, disse que os hospitais do Amazonas já entraram em colapso.

 Mandetta fez o que tinha de fazer, diz O Antagonista

  Luiz Henrique Mandetta não quer se tornar cúmplice de um massacre.

 Ele disse ao Fantástico:

 “No mês de maio, junho, teremos os dias muito duros. Dias em que seremos tachados. ‘Ah, vocês não fizeram o que tinham de fazer’, ‘deviam ser mais duros’, ‘menos duros, porque a economia está assim’. Sempre vai haver os engenheiros de obra pronta. Serão dois, três meses de muitos questionamentos das práticas.”

  70% das UTIs do Rio ocupadas por pacientes com Covid-19

  A rede pública do Rio de Janeiro já tem 70% dos leitos de UTI ocupados por pacientes com Covid-19.

  O número de mortes no estado chegou a 170. Há outros 115 óbitos à espera do resultado do teste.

  Espanha antecipa a fase 2

   O número de mortes por Covid-19 na Espanha caiu para 517.

  Depois de duas semanas de lockdown completo, o socialista Pedro Sánchez resolveu correr o risco de abrir fábricas e canteiros  de obras.

 Os partidos independentistas e de direita denunciaram a medida precipitada do governo, porque a epidemia continua fora de controle.

 Turistas são forçados a escrever ‘desculpa’ 500 vezes por quebrar confinamento na Índia

  Grupo estava em Rishikesh, cidade conhecida pela quantidade de retiros de yoga e meditação. População indiana está em isolamento social desde o fim de março.

 A polícia indiana inovou na punição de dez turistas que quebraram o confinamento em Rishikesh, cidade na Índia que atrai turistas em busca de retiros de yoga e meditação. Os estrangeiros foram obrigados a escrever 500 vezes uma mensagem de desculpas por infringir as regras do país.

 Apesar do confinamento nacional, imposto pelo governo de Narenda Modi no fim de março, os estrangeiros foram abordados pela polícia enquanto andavam por Rishikesh, cidade conhecida por ter sido local do retiro espiritual dos Beatles em 1968.

 No país de 1,3 bilhão de habitantes, as pessoas só podem deixar suas casas para atividades essenciais, como comprar comida ou remédio.

Como punição, os turistas, originais de Israel, México, Austrália, Estados Unidos e Áustria, foram obrigados a escrever 500 vezes a frase: “Eu não segui as regras de confinamento e eu sinto muito por isso”, informou o policial Vinod Sharma neste domingo (12).

 A punição excepcional foi adotada para desestimular novas infrações. De acordo com o policial, mais de 700 turistas estrangeiros já foram flagrados quebrando o confinamento na região.

 Cerca de 700 corpos são removidos de casas em Guayaquil, diz governo do Equador

  Província de Guayas concentra 72% dos infectados por Covid-19, a capital Guayaquil possui cerca de 4.000 pacientes, segundo o governo nacional.

 O governo do Equador informou neste domingo (12) que conseguiu remover pelo menos 700 corpos de pessoas que morreram nas últimas semanas em suas casas em Guayaquil, o epicentro do coronavírus no país e onde os hospitais e os funerais foram afetados pela pandemia.

 “A quantidade que coletamos, com a força-tarefa nas casas, excedeu 700 pessoas” mortas, disse Jorge Wated, que lidera uma equipe de policiais e militares criada pelo Executivo diante do caos desencadeado em Guayaquil pela Covid-19, o que atrasou a transferência de corpos. (Continua).

 

  Wated não especificou as causas das mortes ocorridas durante a emergência sanitária pela pandemia, que no Equador deixa 7.500 casos, incluindo 333 mortes, desde que a presença do vírus foi declarada em 29 de fevereiro.

 A província costeira de Guayas concentra 72% dos infectados. E em sua capital, Guayaquil, existem cerca de 4.000 pacientes, segundo o governo nacional.

 Há três semanas, as forças militares e policiais começaram a remover corpos das casas após falhas no “sistema mortuário” do porto de Guayaquil, o que causou atrasos no instituto médico legal e nas funerárias em meio ao toque de recolher diário de 15 horas que governa o país.

 Presidente do Equador reduz pela metade seu salário, do vice e de ministros

  Castigado pelo coronavírus a ponto de recorrer a caixões de papelão e precisar de uma força-tarefa para recolher corpos em casa, o Equador viu seu presidente, Lenín Moreno, anunciar a redução de metade dos salários de cargos do Executivo. A medida atinge o próprio presidente, o vice-presidente, ministros e vice-ministros. Ele ressaltou que todos manterão suas funções.

 Maioria das pessoas com o novo coronavírus em Alagoas tem entre 40 e 49 anos

 Estado tem 304 casos suspeitos, 48 casos confirmados e 3 mortes por Covid-19, segundo o mais recente boletim epidemiológico da Sesau.

  A maioria das pessoas com o novo coronavírus em Alagoas tem idade entre 40 e 49 anos. No estado, ao todo, são 48 casos confirmados e 3 mortes por Covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) divulgado neste domingo (12). Há ainda 304 casos suspeitos.

  A pessoa mais jovem infectada no estado tem 18 anos. O paciente mais velho tem 92 anos. Até esta tarde, sete pessoas estão hospitalizadas e 22 cumprem isolamento domiciliar.

  O boletim da Sesau revela ainda outras informações acerca do perfil dos pacientes no estado, 44,4% são mulheres e 55,6% são homens.

  Entre as mulheres, a média de idade é de 42 anos. Entre os homens, é de 45 anos. Não há registro de crianças infectadas pelo novo coronavírus em Alagoas. (Continua).

 

   A maioria dos casos foi confirmada em Maceió, 37 residentes na capital e 7 turistas de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Os outros casos são de Marechal Deodoro (2), Palmeira dos Índios (1) e Porto Real do Colégio (1).

  Cientistas publicam nota condenando uso indiscriminado da cloroquina

  Associação Brasileira de Ciências (ABC) e a Associação Nacional de Medicina (ANM) afirmam que eficácia da medicação “não está apoiada em achados científicos robustos”; arritmia cardíaca, toxicidade hepática e problemas de visão são efeitos colaterais.

A Associação Brasileira de Ciências (ABC) e a Associação Nacional de Medicina (ANM) divulgaram, neste domingo (12) uma nota conjunta na qual condenam o uso indiscriminado da cloroquina (CQ) e da hidroxicloroquina (HCQ) no tratamento da Covid-19, sob a alegação de que ele “não está apoiado em achados científicos robustos”.

A nota ressalta ainda que efeitos colaterais significativos foram constatados como arritmia cardíaca, toxicidade hepática e problemas de visão.

O presidente Jair Bolsonaro é um dos maiores entusiastas do uso desses medicamentos no tratamento da Covid-19. Ele já defendeu a adoção dessa terapia em cadeia nacional, ao mesmo tempo em que condenou as políticas de isolamento social adotadas pelos governos e prefeituras. (Continua).

  A nota conjunta é assinada pelo presidente da ABC, Luiz Davidovich, e pelo presidente da ANM, Rubens Belfort Mattos Junior.

No texto, os dois especialistas lembram que, a partir de algumas constatações in vitro, estão sendo desenvolvidos estudos clínicos com o objetivo de confirmar a eficácia do tratamento desses medicamentos na Covid-19, mas que, até agora, nada de conclusivo foi encontrado.

  Presidente da principal bolsa de valores do México morre após testar positivo para o coronavírus

 CIDADE DO MÉXICO (Reuters) – O presidente do conselho da principal bolsa de valores do México, Jaime Ruiz Sacristan, morreu neste domingo, segundo comunicado emitido pela bolsa.

 Ruiz Sacristan testou positivo para o novo coronavírus em meados de março, embora a causa imediata de sua morte não seja clara. A bolsa de valores havia informado anteriormente que ele não estava apresentando sintomas. (Continua).

 

   Um porta-voz da bolsa não respondeu à solicitação da Reuters para comentar o caso.

 Até agora, o México registrou 4.219 casos confirmados do novo coronavírus e 273 mortes.  (Por Noe Torres e Sharay Angulo)

 Pacote de US$ 248 milhões contra a segunda onda do coronavírus

 O Reino Unido anunciou neste domingo um pacote de 200 milhões de libras (US$ 248 milhões) para ajudar a conter uma próxima onda do novo coronavírus no país.

 O valor será destinado a instituições de caridade britânicas e também a organizações internacionais que se comprometeram a ajudar populações de lugares mais pobres. (Continua).

 

   Especialistas da área da saúde alertam que os sistemas de saúde precários em países em desenvolvimento pode levar ao ressurgimento da doença no Reino Unido ainda no final deste ano.

  Covid-19: a França parece estar domando o vírus

 Mais boas notícias da França: as mortes por Covid-19 em hospitais baixaram para 315 em 24 horas, contra 353 de anteontem para ontem.

 Há menos 35 pacientes em UTIs, quarta baixa consecutiva.

 O número de mortos em casas de repouso, contudo, foi atualizado para 5.140, desde o início da pandemia. A atualização não é diária.

 No total, morreram 14.393 vítimas da doença.

 O governo de Emmanuel Macron deve anunciar a extensão do confinamento na semana que está começando.

 Banco Mundial prevê queda de 5% do PIB brasileiro

 O Banco Mundial prevê uma retração de 5% na economia brasileira em 2020.

 Segundo relatório da instituição, o impacto econômico da pandemia do novo coronavírus será forte na maioria dos países latino-americanos em razão da dependência da exportação de commodities.

 Ainda de acordo com o relatório, o PIB da América Latina deverá sofrer uma retração de 4,6%.

 Sikêra Jr. recebeu oferta da Record

  O apresentador Sikêra Jr. contou ao colunista Léo Dias, do UOL, que a Record tentou contratá-lo para comandar um programa em São Paulo. A negociação, entretanto, não vingou.

  “Eles me ofereceram grana, disseram assim: “Sikêra, ouça a nossa oferta!”. Eu disse que não queria nem ouvir. O povo aqui no Brasil acha que dinheiro é tudo. E quando fiquei pensando: “Meu Deus, dinheiro que vem de Jesus Cristo, né? Que eles pedem para Jesus. Não vou querer não, não vou entrar nessa”. Aí me pesou também essa parada. Dinheiro da igreja, abençoado”.

  Site de notícias financiado por Soros diz: “a crise do coronavírus é o momento perfeito para abolir a família”

 O site de notícias openDemocracy, financiado pelo globalista George Soros, está usando a sensibilidade crescente das pessoas no Reino Unido durante a pandemia de coronavírus chinês para promover uma agenda antifamiliar e pedir que as famílias sejam abolidas.

 A openDemocracy publicou um artigo intitulado “A crise do coronavírus mostra que é hora de abolir a família” em seu site, onde a autora Sophie Lewis argumenta contra as deficiências percebidas na família nuclear que supostamente a crise teria exacerbado.

 Família nuclear é um termo usado para definir um casal de adultos, homem e mulher, e pode ter qualquer número de crianças. Historicamente, a família nuclear é a unidade familiar predominante e o fundamento de uma sociedade estável.

 Sophia Lewis diz no artigo que a crise é o momento certo para as pessoas “se libertarem do lar da família nuclear”.

 O artigo afirma que os lares são ambientes inseguros e o coronavírus chinês levará a um aumento no abuso, fazendo fortes alegações de que os domicílios particulares apresentam “estupro de crianças” e “bullying da classe LGBT”.

 A autora afirma que pessoas LGBTs não estão seguras dentro de casas.

 “O grupo LGBT e especialmente os muito idosos e muito jovens, não estão seguros lá: seu florescimento no lar capitalista é a exceção, não a regra”.

 O artigo continua afirmando que as famílias estão repletas de pais patriarcais e os ambientes familiares são inseguros devido à “mistificação da forma de casal; a romantização do parentesco; e a higienização do espaço fundamentalmente inseguro que é propriedade privada”.

 O artigo pede principalmente uma série de propostas socialistas, que devem ter precedência sobre a família. Ao mesmo tempo, o artigo também não oferece uma solução real para o que substituiria a unidade da família nuclear. Fontes: G1, O Antagonista, Extra, A Tribuna (ES),  O tempo, Catolenews, Amazona Atual. Fotos: G1 e redes sociais. Fotos: Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press, Enaldo Pinto/Ag Haack.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *