SAÚDE

Morre técnico e ex-jogador do futebol capixaba de infarto fulminante aos 45 anos

 

 

Formado na base da Desportiva Ferroviária, Marcelinho também trabalhou como treinador no Serra, Vitória-ES e Capixaba.

O futebol capixaba está de luto. Na manhã deste domingo, morreu o técnico Marcelo Aguiar, aos 45 anos. De acordo com familiares, Marcelinho, como também era conhecido, sofreu um infarto fulminante e não resistiu.

O velório será nesta segunda-feira, a partir das 8h, no Cemitério Parque da Paz, em Ponta da Fruta, Vila Velha. O sepultamento está previsto para as 14h, do mesmo dia.

Formado na Desportiva Ferroviária, Marcelo ficou no clube de 1995, quando teve uma breve passagem pelo Botafogo, até 2001. Neste período foi hexacampeão na base, Marcelinho integrou a equipe grená de 1998, que fez a melhor campanha de um time capixaba na história da Copa SP de Futebol Júnior. Na ocasião, a Tiva chegou a vencer o Corinthians, antes de ser eliminado pelo Internacional, apenas na prorrogação das quartas de final.

Em 2019, como treinador, dirigiu a Desportiva na Copinha. No ano seguinte, teve a oportunidade de comandar a equipe profissional grená, mas acabou sendo demitido durante a parada da pandemia.

Após deixar a Tiva, Marcelinho treinou o Serra, Capixaba e Vitória-ES. Este ano de 2023, trabalhou como auxiliar, ao lado do técnico Ney Barreto, no Serra, durante o Campeonato Capixaba, e no Vitória, na Série D do Campeonato Brasileiro.

Clubes e companheiros manifestam luto por Marcelinho

A morte do treinador Marcelo Aguiar foi sentida por clubes e companheiros de trabalho no futebol capixaba. Querido por todos, o técnico recebeu diversas homenagens nas redes sociais. Foto: Marcela Delatorre. Fonte: https://ge.globo.com/es/futebol/noticia/2023/12/10/morre-marcelo-aguiar-tecnico-e-ex-jogador-do-futebol-capixaba.ghtml

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *