SAÚDE

LINHARES (ES) – Prefeitura dobra capacidade de oxigênio no Hospital Geral de Linhares para tratamento da Covid-19

A capacidade de oxigênio para atender pacientes de Covid-19 no Hospital Geral de Linhares (HGL) , no Norte Capixaba,  foi dobrada de 4,5 mil metros cubicos para 9 mil metros cúbicos com a instalação do novo tanque, na manhã desta segunda-feira (12). (Continua).

 

 

Equipes da secretaria municipal de Saúde acompanharam o trabalho da empresa responsável pela ampliação da rede. O investimento é com recursos próprios da Prefeitura de Linhares.

Há no hospital, há 22 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e mais 36 leitos clínicos de enfermaria exclusivos para o tratamento da Covid-19. A ampliação da rede vai atender aos leitos atuais e a criação de outros 12 (entre UTI e Enfermaria) que serão entregues nos próximos dias.

‘‘Isso vai dar segurança para o tratamento dos pacientes que estão internados no hospital. Nossa orientação à secretaria municipal de Saúde é a ampliação da capacidade de oxigênio no HGL para que os profissionais de saúde e os pacientes tenham segurança no tratamento”, afirma o prefeito de Linhares, Guerino Zanon.  Foto abaixo. (Continua)

GUERINO ZANON NÃO REPARASSARÁ DINHEIRO DE CONVENIOS RADARGERAL.COM LINHARES ES

 

O secretário municipal de Saúde, Saulo Rodrigues Meirelles, reforça que a capacidade de oxigênio existente no HGL era suficiente, mas a medida traz ainda mais segurança para todos. “O volume maior de oxigênio no HGL, que é um hospital referência para o tratamento da Covid-19 no Espírito Santo, faz parte das ações estratégicas da Prefeitura de Linhares que se destaca pelo empenho em vencer a pandemia com estratégias precisas e inteligentes, sensíveis às necessidades da população e com o compromisso firme em salvar vidas”, pontua.

Anexo ao Hospital Geral de Linhares (HGL) está a Unidade Sentinela, um local exclusivo para o atendimento e tratamento de pacientes com Covid-19 que conta com três setores: o Pronto Atendimento (triagem), o ambulatorial (consultas e avaliações após o diagnóstico positivo para o novo coronavírus) e uma ala exclusiva no hospital HGL onde estão os pacientes que precisam ficar internados para o tratamento da doença. (Continua).

 

 “Diariamente são atendidos cerca de 300 pacientes na Unidade Sentinela, sendo que grande parte pacientes destes precisam de um período de observação para avaliação, realização de exames e procedimentos”, explica o secretário municipal de Saúde, Saulo Rodrigues Meirelles (Foto acima). Fotos: Secom Linhares ES.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *