SAÚDE

ALERTA DE INFECTOLOGISTA DA UFRJ- O coronavírus se espalha silenciosamente pelo Brasil; previnam-se, não tenham vergonha de sair com máscaras e gel para se esterilizar em tudo o que tocar; prevenção é o melhor caminho

Especialista já estão afirmando que é inevitável que os  casos registrados em São Paulo e em todo o Brasil aumente com o passar dos dias. (Continua).

 

  “Os países com risco de transmissão estão aumentando cada vez mais. É difícil evitar a disseminação do vírus. Não há uma medida de bloqueio desses países, então é difícil controlar o avanço do vírus”, diz.o infectologista Alberto Chebabo, do Serviço de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP) do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). (Continua).

  “As pessoas precisam ter febre, segundo o Ministério da Saúde, para que tenha a suspeita da covid-19. Mas alguns casos são assintomáticos”.

“Então, é possível que haja quadros que não entram na definição do Ministério da Saúde que possam ser leves, mas não foram detectados e já circulam pelo Brasil. Pode haver casos não detectados tanto em São Paulo como em outros Estados brasileiros”, diz Chebabo. (Continua).

 

  “Tenho tentado alertar as pessoas sobre o nosso atual momento com o coronavírus-covid-19, no entanto, parece que muito gente, não tem levado a situação muito a sério. O vírus já está no Brasil, e a disseminação será inevitável, assim como começou na China, de forma aparentemente lenta, e assim também sucedeu para outros países, assim também, está neste momento acontecendo, no Brasil, esse vírus não será contido, e não há cura declarada oficialmente pelo governo. Sendo assim, a busca por vacinas, mascaras cirúrgicas, tem colocado a indústria farmacêutica no topo do ranking de ações financeiras. A busca por uma vacina solucionadora da arma biológica pandêmica, é o esperado por muita gente”, diz o jornalista Fábio Allves. Fonte: Fábio Alves, do site  coletividade evolutiva. Foto: Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *