SAÚDE

2 VÍDEO – Professor com coronavirus em Linhares (ES) deu aulas e teve contato com professores antes de apresentar sintomas; Fernanda Paes Leme anuncia que contraiu doença; OMS diz que há registro de mortes de crianças e dicas de prevenção

O professor  contaminado com coronavirus em Linhares, no Norte Capixaba,  trabalha em duas escolas,  em uma delas teve durante 4 dias contato com professores e alunos antes da doença ser diagnosticada. (Continua).

 

  A informação foi confirmada pelo prefeito Guerino Zanon, de Linhares,  na noite de ontem (15), a A Gazeta, de Vitória.

 *Traduzindo: nem o Estado, nem a prefeitura e a grande imprensa vai te dizer isso: um espirro ou uma pequena tosse do professor durante os períodos em que ele trabalhou, com enormes chances “espalhou” o vírus por todo o ambiente e novos assintomáticos surgiram. Assintomáticos são pessoas que contraíram o vírus e estão com ele e são portadores por vários dias sem apresentar sintomas e, nesse período, onde vão contaminam, no mínimo, outras  4 pessoas, que, por sua vez,  contaminam cada uma delas outras quatro, segundo o que está sendo divulgado pelas principais mídias. (Continua).

 

  E é errado que o vírus atinge somente os idosos, como muitos pensam. Na Itália, e em muitos países europeus, a população é envelhecida e por isso há grande números de idosos impactados pela doença. Os idosos e outras pessoas com problemas de saúde, imunidade baixa, são realmente propensos a contrair o coronavírus. (Continua).

 

  E dez leitos disponíveis no HGL não dará nem para o ponta pé inicial em até 90 dias se, nesse período, não for descoberta uma vacina. Mas é o que temos. Por isso, a coisa “promete” ficar preta para todos nós nos próximos 90 dias. Fora esses casos do professor, há dezenas de outros assintomáticos por toda Linhares, no Estado e no País que adquirem o vírus onde foram desprotegidos  e dos que chegam a cidade. Quando a situação piorar, siga as orientações da prefeitura de Linhares, das gloriosas PC e PM, do Ministério Público e da Justiça de Linhares. A verdade é que o Brasil perdeu o controle sobre o coronavirus. * Liberdade de expressão, garantida a todos pela constituição.

  SERIEDADE E TRANSPARÊNCIA   DO PREFEITO NAS INFORMAÇÕES

 Conforme disse ainda o prefeito a sua Gazeta, “sua maior preocupação é na Escola Auto Guimarães onde o professor trabalhou entre terça (10) e sexta-feira (13) da última semana antes de ser diagnosticado.

  A unidade fica no bairro Shell.  O professor também trabalha na Escola Professora Maria Aparecida Lavagnoli, no bairro Interlagos.

  O prefeito informou ainda que existem outros dez casos suspeitos sob investigação, a maioria dessas pessoas teve contato com o professor infectado, incluindo alunos.

  Por isso, segundo o prefeito, a prefeitura redobrou a atenção em todos os estudantes e funcionários da escola. “Se alguém apresentar qualquer  sintomas do dentro dos classificados como de Covid-19, nossa equipe está de prontidão para as medidas necessárias”, garantiu.

 Fernanda Paes Leme é diagnosticada com coronavírus

 Fernanda Paes Leme teve teste positivo para Covid-19. A atriz estava em quarentena voluntária após casos confirmados de coronavírus em convidados do casamento da irmã de Gabriela Pugliesi, realizado em Itacaré, no sul da Bahia, no sábado (7). Fernanda esteve no evento, assim como a cantora Preta Gil, que na última semana, também confirmou teste positivo para a doença.

A influencer Gabriela Pugliesi também foi diagnosticada com coronavírus. Um convidado do casamento, que esteve em viagem à Aspen no período do carnaval, foi o primeiro paciente a ter o diagnóstico positivo para o coronavírus, divulgado ainda na quarta-feira (11). Ele é um paulistano de 26 anos, que não teve nome divulgado.

Brasil tem 200 casos de coronavírus, segundo relatório do Ministério da Saúde.

Coronavírus: com chegada da doença ao Brasil, o que realmente funciona para se proteger?

 O ideal é esfregar as mãos por algo entre 15 e 20 segundos para garantir que os vírus e bactérias serão eliminados — de acordo com Fernando Spilki, presidente da Sociedade Brasileira de virologia, o tempo para se cantar dois “Parabéns a você”.

Essa é uma orientação básica para evitar uma série de doenças e é eficiente especificamente contra o coronavírus porque ele é um vírus envelopado. Evitar a ir a lugares públicos desprotegidos de máscaras, limpar as mãos com gel em tudo o que tocar e lavar as mãos sempre, bem lavada. Outra dica, é beber água de 15 em 15 minutos e estar sempre de hora em hora lavando o nariz com água e sabão Fontes:

OMS diz que há registros de mortes de crianças por Coronavirus.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu nesta segunda-feira, 16, que os países com casos do novo coronavírus isolem os infectados para prevenir o avanço da pandemia, destacando que ainda não há evidências claras sobre como o coronavírus se manifesta em crianças, mas que já houve mortes. (Continua).

 

  “Sabemos que as crianças podem ser infectadas e que elas podem morrer por essa doença. Não podemos dizer universalmente que é (uma doença) leve em crianças”, afirmou Maria van Kerkhove, diretora da área de Doenças e Zoonoses Emergentes da OMS.

“A mensagem central é: testar, testar e testar”, disse o diretor-geral Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Em sua fala, ele defendeu a necessidade de as pessoas saberem qual pessoa lhe transmitiu o vírus e de manter as estratégias de contenção do risco. “Você não consegue parar essa pandemia se não souber quem está infectado. Esta é uma doença séria. Embora as evidências sugiram que aqueles com mais de 60 anos corram maior risco, jovens, incluindo crianças, morreram”, disse.

Ghebreyesus afirmou que crises como essa são um momento em que o melhor e o pior da humanidade afloram. “É a crise global definidora dos nossos tempos. Os próximos dias, semanas e meses serão um teste da nossa confiança na ciência e um teste de solidariedade. O espírito humano da solidariedade precisa se tornar mais infeccioso do que o vírus.”

A OMS lembrou ainda que mesmo que a pessoa não esteja se sentindo mal, pode infectar alguém por até 14 dias. Por isso, é preciso respeitar o período de duas semanas após o fim dos sintomas. Visitas não são permitidas.

A instituição disse que as ações de contenção e medidas restritivas são fundamentais para reduzir a pandemia. MS, g1 e A Gazeta. Foto: instagran da artista e internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *