Governo argentino diz não ter informação sobre refúgio de brasileiros envolvidos nos atos de 8 de janeiro
Política

Governo argentino diz não ter informação sobre refúgio de brasileiros supostamente envolvidos nos atos de 8 de janeiro

 

VENDO

 

Ministra de Segurança, Patrícia Bullrich, disse também não ter recebido pedido de extradição. Investigações da PF mostraram que condenados pelos atos antidemocráticos fugiram para a Argentina.

O governo argentino afirmou neste sábado (8) não ter informações sobre brasileiros envolvidos nos atos antidemocráticos de 8 de janeiro que, segundo investigações da Polícia Federal, pediram refúgio na Argentina.

Na sexta-feira (7), a PF disse que enviará ao país vizinho um pedido de extradição de brasileiros condenados.

A ministra de Segurança da Argentina, Patrícia Bullrich, disse ainda não ter recebido o pedido e afirmou que o governo não tem constância da entrada de brasileiros foragidos.

“Até agora, não temos nenhuma informação desse tipo. Não temos alerta vermelho sobre essas pessoas”, afirmou Bullrich em uma entrevista para a Rádio Mitre, da Argentina.

Na entrevista, a ministra disse que o pedido de extradição, “por enquanto, é uma propaganda” — diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Passos Rodrigues, disse ao blog do Valdo Cruz que o pedido deve ser encaminhado na semana que vem.

“Uma coisa é que o Brasil peça (a extradição), outra é que haja já um processo, uma condenação. É difícil pedir extradição se não uma causa judicial, ou um alerta de algum tipo. Também não temos nenhuma lista (de brasileiros). Por enquanto, isso se mantém como uma propaganda, mas não em um fato jurídico”.

Esta foi a primeira manifestação do governo argentino após a PF dizer que iria enviar o pedido de extradição. Foto: Pixabay. Fonte? https://g1.globo.com/mundo/noticia/2024/06/08/governo-argentino-diz-nao-saber-sobre-pedido-de-refugio-de-brasileiros-envolvidos-nos-atos-de-8-de-janeiro.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *