Polícia

Reféns em Linhares viajam mais de 130 KM sob mira de arma e ameaça de morte até serem libertados

Momentos de terror foram vividos por duas pessoas que foram feitas reféns durante um assalto a um veículo, na noite de ontem  (20)

  As vítimas, que não tiveram a idade revelada pela polícia, foram abordadas quando estavam no bairro Planalto (Foto ilustrativa).

De acordo com a Polícia Militar, após abordar o veículo, os criminosos assumiram a direção e seguiram pela BR 101 por mais de 130 km. Durante todo o momento os assaltantes fizeram ameaças de morte aos reféns, sob a mira de arma, até libertarem as vítimas na Rodovia do Contorno, no município da Serra, na Grande Vitória. Todo o trajeto durou mais de duas horas. (Continua após o anúncio).

 

 

 

 

 

 

 Livres, eles foram até um posto de combustível no bairro André Carloni onde pediram socorro. Uma viatura da Polícia Militar foi acionada e levou as vítimas até a Delegacia Regional da Serra, onde a ocorrência foi registrada. Ainda segundo a Polícia Militar, nenhum suspeito foi localizado. O carro das vítimas também não foi encontrado até o momento. (Continua após o anuncio).

 Em nota, a Polícia Civil disse que investiga todos os casos formalizados nas delegacias, e orienta que as vítimas desse tipo de caso registrem a ocorrência em qualquer delegacia, munidas de todo material que comprove o crime e que auxilie a polícia no trabalho de investigação. (Continua após o anúncio).

 A polícia conta com a colaboração da população e qualquer contribuição para identificação de suspeitos pode ser feita por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações são investigadas. Coim informações de A Gazeta.

*Mande suas notícias em vídeo e fotos para (27) 999548165. Nem todas nossas notícias chegam até você via wats app. Acesse todos os dias radargeral.com, notícia a toda hora. E compartilhe nossas notícias, nos ajude, para nós ajudarmos nossos anunciantes a venderem mais. Afinal, quem anuncia, vende!! O Brasil voltou a crescer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *