Polícia

PC de linhares manda mais um fora da lei para a cadeia

Policiais Civis da Delegacia de Homicídios e Delegacia Patrimonial de Linhares, em operação policial em conjunto na tarde de ontem (3), no Bairro Lagoa do Meio, prenderam  Julienes da Silva Honório, 25 anos, quando abastecia seu veículo num posto de gasolina.

  Segundo o delegado PC  Dr. Fabrício Lucindo, considerado por parte da imprensa como o “Delegado Terror dos Foras da Lei”, Julienes estava com mandado de prisão em aberto pela prática de crime de homicídio e homicídio tentado, fatos ocorridos no bairro São José  no dia 28/04/2019 quando foi assassinado Paulo Henrique do Nascimento Soares, 24. (Continua).

Conforme o Delegado Terror dos Foras da Lei,  no mesmo dia o acusado baleou ainda  W.T.A de 32 anos de idade. (Continua).

 

 Conforme o delegado Lucindo ainda, a “Delegacia de Homicidios de Linhares, investigou, elucidou os crimes e representou pela prisão do elemento, prisão devidamente decretada pela Justiça”, disse. (Continua).

E acrescentou: “Na tarde de ontem, recebemos informações sobre a presença do autor do homicídio e da tentativa na região. De pronto nossas equipes competentes  foram reunidas e passaram a monitorar o veiculo do Julienes,  com dois veículos descaracterizados. Quando o suspeito fez uma parada em um posto de gasolina, os policiais civis aproveitaram para cercar o veículo do criminoso”.

 Conforme o delegado Terror dos Foras da Lei, “no momento em que se viu cercado Julienes  jogou o carro para cima de um dos policiais, tentanto acerta-lo”.

“De imediato, para preservar sua vida e de terceiros, um dos policiais civis efetuou dois  disparos de arma de fogo para conter o elemento. Um dos disparos acabou acertando as costas do criminoso  e ele se rendeu. Após a prisão o elemento foi encaminhado para o Hospital Geral de Linhares (HGL), onde passou por cirurgia e ser recupera, guarnecido por Agentes Penitenciários da Secretaria de Estado da Justiça (SEJUS-ES). A operação contou com policiais da delegacia de homicídios e da delegacia patrimonial de Linhares e foi coordenada pelo delegado Dr.  Leandro Sperandio”, concluiu Fabrício Lucindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *