Continua desaparecido o piloto Mike Estefaneli Barcelos, de 30 anos, de Linhares, no Norte Capixaba. Do ramo de construção civil de Linhares, ele está desaparecido desde a manhã de sexta-feira (21), após decolar de asa delta com destino a Mucuri, na Bahia.
Polícia

Amanhã (23) continuam buscas por piloto de aeronave que saiu de Linhares (ES) e está desaparecido

 Jane acredita que o filho ainda esteja vivo e que tenha precisado fazer um pouso forçado.

Maike viajou para Mucuri onde iria participar de um evento que reúne pilotos de areonaves de várias cidades do país.

Continuam amanhã (23) por volta das 08 h as buscas pelo piloto Mike Estefaneli Barcelos, de 30 anos, de Linhares, no Norte Capixaba. A informação foi repassada pelo pai de Mike, Jane Garozzi, que possui uma loja no bairro Palmital.

Conforme Jane, outros dois helicópteros chegam do Rio do janeiro para se juntar a outros três que trabalham na operação de busca e resgate de Maike. Fazem parte das buscas aeronaves das polícia Civil e Militar, além de amigos do piloto. Jane acredita que o filho ainda esteja vivo e que tenha precisado fazer um pouso forçado. “Ele está em local que não possui sinal de celular e amanhã (domingo) ele será encontrado. Mike é esperto e guerreiro. Conheço ele”, disse.

Do  ramo de construção civil de Linhares, ele está desaparecido desde a manhã de sexta-feira (21), após decolar de asa delta com destino a Mucuri, na Bahia. Maike decolou com a aeronave modelo Trike (asa delta motorizada) por volta das 6 da manhã. Desde então, ele não foi mais encontrado.

Maike viajou para Mucuri onde iria participar de um evento que reúne pilotos de areonaves de várias cidades do país. Entretanto, segundo familiares, ele deveria ter chegado no local em até uma hora e meia. Como ele não chegou, a busca por ele foi iniciada. Além de Maike, um outro amigo, identificado apenas como Douglas, também está desaparecido. Equipes de busca estão percorrendo a região em busca dos dois desaparecidos.  família pede que qualquer informação sobre Maike seja repassada nos telefones (27) 99841-5349, (27) 99839- 8502 e (27)

SAIBA MAIS –  Muito antes de surgir como desporto oficial, a Asa Delta teve como percursor o alemão Otto Lilienthal que terá construído um planador, tornando-se assim num dos mais famosos pioneiros da aviação. Esta sua criação deu origem a muitas outras novas invenções. Em 1948, o investigador da NASA Francis Rogallo, inventou uma asa triangular muito flexível e com capacidade para planar. Porém, o seu projeto “ficou na gaveta”, uma vez que não houve nenhum fabricante que acreditasse na comercialização do respetivo produto.

Mais tarde, nos anos 70, na Austrália, um colega de Rogallo, Bill Moyes, conseguiu que a primeira Asa Delta fosse produzida e, à conta disso, adquiriu alguma popularidade nas praias da Califórnia, nos Estados Unidos da América (EUA), local onde foi testado. Estes primeiros praticantes aperfeiçoaram o equipamento e melhoraram a resistência e a aerodinâmica da engenhoca.

Asa-delta é um tipo de aeronave composta por tubos de alumínio, que proporcionam a sua rigidez estrutural, e uma vela feita de tecidos, que funciona como superfície que sofre forças aerodinâmicas, proporcionando a sustentação da asa-delta no ar. A origem deste nome, asa-delta, deu-se pela semelhança da letra grega delta, que tem forma de triângulo, como o formato da asa desta aeronave.

 

Dobre seu capital em 30 Dias!

Um comentário em “Amanhã (23) continuam buscas por piloto de aeronave que saiu de Linhares (ES) e está desaparecido”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *