PJ Colunista

A dura vida do professor em Linhares e no País

Vida de Professor !!!

Pelo que tenho ouvido, as escolas públicas municipais e estaduais de Linhares e do Espírito Santo não possuem sistema de refrigeração nas salas de aulas. Imaginem num calor deste, como sai fisicamente um professor depois de passar 4,5 h dando aulas em pé em apenas um turno?

A título de exemplo, a minha esposa que leciona em duas escolas da Prefeitura Municipal de Linhares, há mais de 15 anos, conta as horas para se aposentar e já não aguenta mais enfrentar 4,5 h em uma escola municipal pela manhã, e mais  4,5 h à tarde.  No final do dia, ela chega em casa exausta,  pregando de suor, com um monte de livros num braço e uma bolsa no outro, não tem mais pique nem para dar uma caminhada.

Olha, no Brasil, o tratamento que os professores das redes públicas recebem no que se refere a condições de trabalho, salário e falta de Leis para proteção em salas de aulas, para mim é desumano, se constituindo numa falta de respeito para com um profissional de tamanha importância para os destinos de um País. Tenha piedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *