a Emily Chesterton Jovem tem parada cardíaca por trombose após diagnóstico de ansiedade foto instagram e pixabay
OBITUÁRIO

Jovem tem parada cardíaca por trombose após diagnóstico de ansiedade

 

 

Profissional fez diagnóstico de ansiedade e Covid longa e receitou medicamentos para a atriz britânica. Paciente morreu horas depois.

A atriz Emily Chesterton, de 30 anos, morreu após receber o diagnóstico errado de uma médica associada, um cargo de assistente que existe no sistema de saúde do Reino Unido. Em outubro de 2022, ela foi ao consultório Vale Practice, em Londres, com dores na panturrilha, falta de ar, dificuldade de locomoção e inchaço na perna. Na ocasião, a profissional prescreveu um remédio para ansiedade e outro para Covid longa.

Os médicos associados são profissionais de saúde que devem ser supervisionados por médicos especialistas. Eles podem fazer o atendimento de pacientes, mas não estão autorizados a prescrever medicamentos.

A atriz desmaiou mais tarde no mesmo dia, foi levada com urgência ao hospital, mas não resistiu. Na verdade, Emily estava com um coágulo na perna que interrompeu o fluxo de sangue para o coração. Por isso, o órgão parou de funcionar. Fotos: Instagram, pixabay via: https://www.metropoles.com/saude/jovem-morre-trombose-diagnostico-ansiedade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *