cavalo acompanha velório de tutor na BA e relincha diversas vezes antes do caixão ser enterrado redes sociaus a foto voa G1
OBITUÁRIO

Cavalo acompanha velório de tutor na BA e relincha diversas vezes antes do caixão ser enterrado; vítima de infarto fulminante aos 45 anos

 

 

 

   

 

 

Despedida foi filmada por amigos e familiares de Luciano Santos, que foi vítima de um infarto fulminante.

Uma cena chamou a atenção dos amigos e familiares que acompanhavam o velório do técnico de instalações de internet Luciano Santos, em Itabuna, no sul da Bahia.

 

O cavalo do baiano acompanhou todo o cortejo do corpo em direção ao velório e relinchou diversas vezes antes do caixão ser enterrado. Luciano morreu no sábado (3), aos 49 anos, vítima de um infarto fulminante. Na ocasião, ele ajudava um amigo a instalar uma piscina.

 O enterro do técnico de instalações de internet foi feito no domingo (4), no Cemitério Campo Santo. Apaixonado por cavalos, o seu animal de estimação, Brilhante, de sete anos, foi levado até o local para dar o último adeus ao tutor. Após acompanhar o cortejo, Brilhante foi levado para perto do caixão, que estava dentro de um veículo.

Foi neste momento que o cavalo relinchou diversas vezes. Brilhante foi aplaudido pelos amigos e familiares do tutor, que explicaram a relação de parceria entre os dois. Luciano comprou o cavalo quando ele ainda era um filhote e saia com Brilhante todos os dias pelas ruas de Itabuna (BA).

Segundo a veterinária especialista em cavalos, Mel Fernandes, esse tipo de comportamento é mais comum com cachorros do que com cavalos.

“A relação que se estabelece entre um pet e o tutor pode ser muito intensa. Esse tipo de situação é mais comum com cães e gatos, porque são animais criados em casa, mas também pode acontecer com cavalos, depende da forma como ele é cuidado”, explicou.

Ainda de acordo com a veterinária, os cavalos são animais sociáveis e costumam estabelecer uma relação de confiança com as pessoas que cuidam deles diariamente. No caso de Brilhante, a reação inusitada é uma espécie de “prova” de que ele foi bem cuidado por Luciano durante o tempo em que estiveram juntos. Foto e fonte via : https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2024/02/06/cavalo-acompanha-cortejo-em-velorio-de-tutor-na-ba.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *