Geral

VÍDEOS – China diz que pode afundar porta-aviões americanos a qualquer momento, diz canal; Peste Negra na China deixa autoridades locais em alerta; à exemplo do Brasil, Erdogan segue tentando controlar as redes sociais na Turquia; últimas notícias da Operação Storm

A peste bubônica é transmitida por pulgas contaminadas com a bactéria Yersinia pestis. *Vídeos que bombaram em celulares do Brasil e do Mundo.

 

 

 

Autoridades da China enviaram um alerta de possível epidemia de peste bubônica após casos da doença serem registrados em região próxima à Mongólia.

O hospital de Bayan Nur mandou o aviso para as autoridades municipais. Imediatamente, o regime subiu para três — de um total de quatro — o nível de atenção do controle epidêmico.

Com o alerta, a China passa a proibir a caça e o consumo de animais que podem ter a peste. (Continua).

 

 

Além disso, autoridades sanitárias pediram que a população evite fazer acampamentos e entrem em contato com animais selvagens quando estiverem perto da Mongólia, destaca o portal Metrópoles.

De acordo com a imprensa local, já são 4 casos registrados desde novembro, sendo duas de uma variante mais perigosa.

Para piorar ainda mais a situação, centenas de pessoas tiveram contato com os infectados pela  Yersinia pestis, bactéria causadora da enfermidade. (Continua).

 

 

 Erdogan segue tentando controlar as redes sociais na Turquia

“Nós queremos fechar, controlar, com um projeto de lei no Parlamento o mais rápido possível”, diz líder islâmico.

Recep Tayyip Erdogan, mandatário da Turquia, anunciou que vai introduzir regulações para controlar as redes sociais ou para fechá-las. (Continua).

 

Em um discurso para os membros do seu partido, o AK, Erdogan afirmou que vai apresentar uma nova regulação para o controle das plataformas:

“Essas plataformas não se adequam a esta nação. Nós queremos fechar, controlar, com um projeto de lei no Parlamento o mais rápido possível.”

Ainda de acordo com Erdogan, as empresas de mídia social vão ser forçadas a apontar representantes na Turquia para responder requerimentos legais, destaca a revista Oeste.

 

Trump volta a defender uso da cloroquina contra coronavírus

Chefe da Casa Branca voltou a defender o uso da cloroquina contra o coronavírus.

 Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, voltou a enfatizar, nesta segunda-feira (6), a importância do uso da hidroxicloroquina contra o coronavírus.

Em mensagens no Twitter, Trump citou um estudo do Sistema de Saúde Henry Ford, em Michigan, que diz que o tratamento com o remédio reduziu pela metade a taxa de mortalidade em pacientes hospitalizados com Covid-19. (Continua).

 

 

A equipe do hospital norte-americano analisou o quadro clínico de 2.541 pacientes. O número representa todos os pacientes tratados da infecção por coronavírus no sistema hospitalar desde o primeiro caso registrado, ainda em março.

O CEO do Henry Ford Medical Group, Steven Kalkanis, afirmou que as descobertas presentes no estudo podem salvar vidas.

 

Governador esquerdista “atrasa mundo”  de Nova York parte para o ataque contra Trump

“Ele inventa fatos, inventa ciência”, diz governador Cuomo sobre o presidente Trump, como se Trump tivesse criado a doença e se ela não fosse um problemão para todos os países.

Andrew Cuomo, governador de Nova York, acusou, nesta segunda-feira (6), o presidente Donald Trump de estar “facilitando” a proliferação do coronavírus nos Estados Unidos.

Cuomo, que é membro do Partido Democrata, declarou:

“Ele inventa fatos, inventa ciência. Ele disse todas essas coisas e nenhuma delas era verdade. E agora temos um problema em 38 estados porque algumas pessoas acreditaram nele.”

De acordo com o jornal The Guardian, Cuomo pediu a Trump que admita o “grande problema” que a pandemia representa:

“Então, senhor presidente, não seja um co-conspirador da covid-19. Reconheça ao povo norte-americano que a covid-19 existe, é um grande problema e vai continuar sendo até que admitamos e nos levantemos para fazer a nossa parte. Se ele não fizer isso, está facilitando o avanço da doença,”, disse na maior cara de pau. Com informações de Renova Mídia.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *