Geral

Morre Ronaldo da Toca dos Discos, uma lenda de bom gosto

Apesar de sua importância quando vivo, com seu museu de vinis, Ronaldo nenhuma atenção teve dos órgãos culturais.

 O cantor roqueiro Lobão foi um artista que esteve na Toca.

Faleceu por volta das 19 horas deste domingo (30/12), em um estabelecimento comercial em Regência, Ronaldo Geraldo Alves, 66 anos. De acordo com informações preliminares, Ronaldo estava em um restaurante, quando passou mal e caiu. Ele foi socorrido e levado para o Posto Médico local, onde os profissionais tentaram reanima-lo, mas não conseguiram e Ronaldo veio a óbito.
A causa morte de Ronaldo é desconhecida, e seu corpo foi encaminhado para o Serviço de Verificação obituária (SVO), em Vitoria, para que seja conhecida a causa morte e após reconhecimento dos familiares será liberado para velório e sepultamento, que será decidido após resultado do exame.
Ronaldo Geraldo Alves, além de muito conhecido e querido na localidade de Regência, ele era colecionador de vinis e possuía em seu acervo mais de 50 mil discos, por isso era conhecido como, “Ronaldo da Toca dos discos”.

Um dos cantores que ficou encantado com Ronaldo, é o fera roqueiro Lobão, que foi ao se estabelecimento com o cantador Cirinho Rio Doce. Na ocasião. Ronaldo mostrou a Lobão toda a sua obra em vinil. A foto é do norte notícia.

Um comentário em “Morre Ronaldo da Toca dos Discos, uma lenda de bom gosto”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *