Geral

Manifestantes do Movimento dos Atingidos por Barragens ocupam ferrovia

Organização do evento estima que 450 pessoas participam do protesto.

Manifestantes ocuparam a Estrada de Ferro Vitória Minas na manhã desta segunda-feira (1º), em Central Carapina, na Serra. De acordo com o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), 450 pessoas estão no local desde 9h30 para reivindicar a contratação imediata de uma assessoria técnica para levantamento de dados sobre o rompimento da barragem de Fundão, em 2015.

De acordo com Heider Boza, coordenador do MAB, o acordo para a contratação foi firmado entre Samarco, Vale e BHP e o Ministério Público Federal (MPF) em agosto de 2018. “O que se observa é uma letargia do judiciário em assegurar o direito e o descaso das empresas na efetivação dos acordos realizados”, afirmou Heider.

“Na ausência de técnicos independentes para levantamento de dados e fornecimento de informações, o processo de reparação integral encontra-se prejudicado, aumento a vulnerabilidade social das populações atingidas”, explicou o movimento.

A Fundação Renova e a Vale foram procuradas pela reportagem, mas ainda não atenderam à solicitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *