Geral

BOA NOTÍCIA – Jair Bolsonaro avalia proibição de participação da Huawei na construção da rede 5G do Brasil; mas se Trump perder, o Brasil já era, chineses dominam o mundo

 Um alto funcionário de Brasília confidenciou à rede Bloomberg que o Executivo vê o regime de Xi Jinping como uma ameaça global à privacidade e à soberania dos dados.

Jair Bolsonaro está considerando proibir a gigante chinesa da tecnologia Huawei de fornecer componentes para construir a futura rede 5G no Brasil.

De acordo com um membro sênior do gabinete do presidente brasileiro da rede Bloomberg , Brasília vê a China como uma ameaça global à privacidade e à soberania dos dados.

A fonte esclareceu que, no entanto, uma decisão final ainda não foi tomada. Em meio à luta entre Estados Unidos e China, até agora o Brasil se absteve de dizer se vai ceder aos pedidos de Washington para que realmente se mova nessa direção.

De acordo com Bloomberg , o membro do gabinete do Bolsonaro descartou a possibilidade de retaliação de Pequim. O responsável disse que o gigante asiático depende das importações agrícolas brasileiras. (Continua).

Ele também reconheceu que a percepção do governo é de que outros países que proibiram as operações da Huawei não sofreram grandes consequências com o regime de Xi Jinping.

Em contraste, Yang Wanming , embaixador da China no Brasil, disse recentemente em uma entrevista que a decisão sobre as operações da Huawei ajudará a definir a relação entre os dois gigantes dos mercados emergentes. “O que está em jogo é se um país pode estabelecer regras de mercado baseadas na abertura, imparcialidade e não discriminação para todas as empresas”, afirmou. Fonte: Infobae. Foto: Redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *