Geral

9 VÍDEOS – Números coronavírus no Norte e Noroeste Capixaba; 21 novas mortes e 522 casos foram confirmados no ES; Casagrande diz que “adora Lúcifer e que Deus não é tão bom assim”

  Bolsonaro autoriza licitação para ampliação do Aeroporto de Barreiras (Continua).

 

Secretário destacou que a obra de reforma era uma promessa do governo Bolsonaro.

O Ministério da Infraestrutura autorizou, na última quinta-feira (30), o governo da Bahia a realizar licitação para contratação dos projetos de reforma e ampliação do Aeroporto de Barreiras, no oeste do estado.

O governo Jair Bolsonaro investirá cerca de R$ 45 milhões, com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), na elaboração dos projetos e na execução das obras.

“O anteprojeto que serve de referência para a continuidade da elaboração dos projetos prevê a adequação do aeroporto para operação de Boeing 737-800”, destaca o site Bahia Notícias.

“Missão dada é missão cumprida”, celebrou o secretário-executivo da pasta, Marcelo Sampaio.

“Dentre as obras inclusas: pistas de pouso e decolagem, pátio de aeronaves e terminal de passageiros”, acrescentou Sampaio.

 

 

 

Bolsonaro autoriza início das obras de duplicação na BR-135/MA (Continua).

 

Na próxima segunda-feira (3), começa a execução da obra na BR-135/MA.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, assinou, ontem (31), a ordem de serviço para início das obras de duplicação na BR-135/MA, no subtrecho que vai de Bacabeira a Santa Rita.

Além disso, também foi autorizada a adequação de 14 km da Travessia de Imperatriz, no interior do estado da região Nordeste.

O anúncio foi feito pelo ministro do governo Jair Bolsonaro durante cerimônia virtual com parlamentares da bancada maranhense.

Em mensagem no Twitter, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) garantiu que as “comunidades quilombolas não serão atingidas, já que elas não fazem parte da faixa de domínio ou das áreas lindeiras”.

Bolsonaro  libera mais 8,7 km de pista duplicada da BR-116/RS (Continua). (Continua).

Outros 83,7 km já foram abertos ao tráfego na BR-116/RS desde agosto do ano passado.

 O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) liberou, nesta sexta-feira (31), mais 8,7 km de pista duplicada da BR 116/RS, nos municípios de Sentinela do Sul e Tapes, no Rio Grande do Sul.

“As obras de duplicação da BR 116 têm grande importância, pois a rodovia é a principal via de acesso ao Sul do Estado e ao Porto de Rio Grande, sendo considerada corredor de escoamento de produção entre o Brasil e o Mercosul”, destacou o diretor geral do Dnit, general Santos Filho, segundo o jornal Correio do Povo. (Continua).

 

 

A obra beneficia diretamente 12 municípios da região Sul do Estado. Os usuários da rodovia passarão a contar também com melhorias como travessias urbanas, ruas laterais, retornos operacionais, viadutos, passarelas e pontes.

Bolsonaro entrega de moradias populares na cidade de Bagé (Continua).

 

Bolsonaro foi recebido por aglomerações de pessoas que gritavam “mito” e pediam para tirar foto.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou, nesta sexta-feira (31), da entrega de 1.164 moradias populares de condomínios habitacionais no município de Bagé, no Rio Grande do Sul.

Cada moradia, com cerca de 43 m², é composta por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

O local também oferece aos moradores espaços coletivos como salão de festas, playground e áreas multiuso.

As obras tiveram o investimento federal de R$ 87 milhões.

Acompanhado dos novos moradores, Bolsonaro visitou as unidades e os apartamentos do condomínio.

“As moradias que entregamos hoje vão beneficiar mais de 4.600 pessoas”, disse Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional, em mensagem no Twitter.

Brasil e Indonésia buscam expansão de relações na área da Defesa – Indonésia está tendo sérios problemas com a China em relação aos seus  mares (Continua).

 

 As duas nações estudam ações para incremento das relações na área da Defesa.

Uma comitiva do Brasil foi recebida pelo ministro da Defesa da Indonésia, Prabowo Subianto, no salão de audiências do ministério.

O grupo brasileiro foi formado pelo embaixador do país na Indonésia, adidos militares e um integrante do corpo diplomático.

As ações estratégicas de cooperação entre o Brasil e a Indonésia foram exploradas com o intuito de alavancar, ainda mais, as relações comerciais na área da Defesa entre as duas nações.

O governo indonésio demonstrou interesse nas especificações da aeronave KC-390, da Embraer, bem como na realização de intercâmbios doutrinários entre militares submarinistas.

Também foi motivo de comentários a ótima aceitação do Sistema ASTROS, Produto de Defesa fabricado pela empresa AVIBRAS, destaca o portal do Exército Brasileiro.

Desinvestimentos da Petrobras geram cerca de US$ 1 bi em 2020 (Continua).

 

“Em 2020, os desinvestimentos realizados pela Petrobras geraram cerca de US$ 1 bilhão em entrada de caixa”, diz Mattar.

Petrobras divulgou, nesta sexta-feira (31), um relatório com informações detalhadas sobre o seu desempenho no 2º trimestre de 2020.

“Nós fornecemos estes indicadores porque os utilizamos como medidas de performance da companhia”, diz a estatal no documento.

Apesar da crise macroeconômica causada pela pandemia de coronavírus, a Petrobras diz ter conseguido “gerar sólidos resultados”, com um fluxo de caixa livre positivo em US$ 3 bilhões.

Em mensagem no Twitter, Salim Mattar, Secretário Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, divulgou o balanço, e destacou:

“Em 2020, os desinvestimentos realizados pela Petrobras geraram cerca de US$ 1 bilhão em entrada de caixa para a empresa.”

 

 

 

 

 

Blindados do Exército participam de combate simulado no Rio (Continua).

 Exercício de combate simulado utilizando blindados foi realizado em território fluminense.

O 1º Batalhão de Engenharia de Combate do Exército Brasileiro realizou, no último dia 23 de julho, uma demonstração de transposição de curso d’água de peças de manobra, no campo de batalha.

Na oportunidade, blindados do 15° Regimento de Cavalaria Mecanizado (Escola) foram preparados e inseridos em uma situação de combate simulado

O exercício militar foi realizado no Rio de Janeiro, de acordo com informações do perfil oficial do Exército no Twitter.

 

 

Cuba e Venezuela estão adorando a pandemia, diz Uebel (Continua).

 

 Paulo Uebel, Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governança Digital do Ministério da Economia, afirmou, nesta sexta-feira (31), que as “ditaduras espalhadas pelo mundo” estão gostando da pandemia de coronavírus.

“Uma pena os regimes democráticos legitimarem esses abusos”, disse Uebel em mensagem no Twitter.

O secretário do governo Jair Bolsonaro acrescentou:

“As ditaduras espalhadas pelo mundo, como Cuba e Venezuela, estão adorando a pandemia.”

E completou:

“Nunca tiveram um pretexto tão legítimo para impedir a liberdade de expressão, a livre circulação e a livre associação de seus povos.”

 

 

 

 

Antonia Fontenelle critica Xuxa por apoiar Felipe Neto: “Falta dignidade”

 

A apresentadora Xuxa Meneghel tem dado o que falar nos últimos dias.

Conforme noticiamos aqui, ela lançará um livro infantil de temática LGBT.

Não bastasse as fortes críticas que vem recebendo, a ‘rainha dos baixinhos’ voltou a ser alvo de polêmica por defender o youtuber Felipe Neto.

“Felipe Neto, estou com você de coração, corpo e alma. Se proteja, mas não se cale. Beijos, tia Xuxa!”, escreveu ela no Instagram.

Repúdio

Além de críticas por parte da opinião pública, Xuxa também vem sendo reprovada por colegas da classe artística.

Uma das famosas que discordou abertamente das declarações da apresentadora foi Antonia Fontenelle.

“Tia Xuxa, eu custei a acreditar que tipo de pessoa você é. Não é à toa que desde sempre eu gostei mais da Mara Maravilha. Você apoiar um cara que faz o que faz é de uma imoralidade sem fim. Esperar o que de uma pessoa que foi enxotada da Globo, falou mal dela e agora faz maratona em seus programas falidos na tentativa de voltar pra lá?”, disparou.

E acrescentou:

“O nome disso é falta de dignidade. Você acaba de perder o meu respeito como mulher e como profissional.”

 

 

 

Como o Chavismo naturalizou os criminosos para “defender a revolução”

Álvaro Díaz Tarazona, também conhecido como Eduard, terrorista colombiano do Exército de Libertação Nacional (ELN), não é o único criminoso com documentação venezuelana ( Twitter ).

O regime de Nicolás Maduro não evita a concessão de documentos de identificação a criminosos internacionais vinculados a grupos terroristas; um desses casos é Alvaro Díaz Tarazona, também conhecido como Edward, um guerrilheiro colombiano do Exército de Libertação Nacional (ELN).

Iván Simonovis, comissário especial de segurança e inteligência da presidência interina de Juan Guaidó, confirmou que o chefe de guerrilha colombiano foi naturalizado na Venezuela e, como prova, mostrou a carteira de identidade que lhe foi concedida com o número 25.712.140.

Uma consulta no Centro Nacional Eleitoral (CNE) mostra que o guerrilheiro agora tem o direito de votar na Venezuela no estado de Apure, especificamente na Escola Primária Bolivariana Caño Regreso.

“Alex Saab foi naturalizado; o chefe de guerrilha do ELN, Álvaro Díaz (também conhecido por Eduard), também recebeu uma identidade venezuelana legal. Com essa devassidão, o regime entregou milhares de documentos a guerrilheiros e terroristas que ameaçam a segurança mundial ”, disse Simonovis.

PanAm Post recebeu informações de que, recentemente, cidadãos estrangeiros, russos e árabes, visitaram clínicas particulares para exames de rotina. O curioso é que, segundo uma fonte ligada aos centros de saúde, esses “pacientes” chegaram com documentos de identidade venezuelanos, mas com seus respectivos tradutores, porque não falavam espanhol.

 Em 2015, o PanAm Post também publicou um relatório sobre imigração ilegal na Venezuela. Naquela época, descobriu-se como um prefeito do estado de Mérida promoveu a instalação de um centro clandestino de identificação no mesmo dia das eleições parlamentares e em uma instituição pública da entidade que foi usada para o PSUV, o governo festa.

As pessoas emprestavam seus rostos, para que pudessem receber um número de votos das pessoas falecidas e, assim, poder votar mais de uma vez. Também foram publicadas evidências para o mesmo .

Passaportes e posições diplomáticas para terroristas

O regime tirano também beneficia pessoas ligadas ao crime internacional, fornecendo-lhes documentação. O caso do empresário colombiano Alex Saab, líder de Maduro, é um exemplo disso.

Saab, preso em Cabo Verde por lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo, tinha um passaporte diplomático venezuelano patrocinado pelo regime de Nicolás Maduro. Embora ele não tenha usado esse documento para entrar no país africano, o regime admitiu que havia lhe dado o passaporte para servir como suposto agente do Chavismo. (Continua).

 

Mas o empresário colombiano não é o único criminoso com identificação venezuelana; também devemos lembrar Ghazi Nasr al-Din (mais conhecido como Ghazi Atef Nassereddine), uma figura-chave do Hezbollah na Venezuela.

Nasr al-Din, que está na Venezuela, era diplomata do regime, ministro-conselheiro da Venezuela na Síria. Sua família faz parte de um “clã” com poder econômico dentro do país sul-americano.

Em 2008, Nasr al-Din foi sancionado pelos Estados Unidos por facilitar a conexão do regime socialista com o Hezbollah e, ​​em 2015, ele foi classificado como uma pessoa de interesse pelo FBI – Federal Bureau of Investigation.

Ghazi Nasr al-Din (bilhete de identidade número 18.190.527) foi supostamente o responsável pelo comércio na Embaixada da Venezuela em Damasco, Síria, e mais tarde foi nomeado Diretor de Aspectos Políticos na Embaixada da Venezuela no Líbano. Em 2016, ele apareceu no Conselho Nacional Eleitoral como eleitor de Damasco na Síria. Mas atualmente, ele parece ser eleitor em Caracas.

Segundo a revista brasileira Veja , em 2015, fontes declararam que Nasr al-Din teria alegadamente mantido uma rede de fabricação e distribuição de passaportes venezuelanos autênticos que foram fornecidos para ocultar as verdadeiras identidades de terroristas. (Continua).

 

“Ele chegou à Venezuela nos anos 90 e ingressou no Ministério das Relações Exteriores. Ele era diplomata e foi enviado à Síria para ser ministro. Ele era o principal responsável pela embaixada naquele país e, antes da guerra civil na Síria em 2011, al-Din estava em Damasco conectando as redes subversivas existentes na Síria às redes subversivas da Venezuela e do Líbano ”, Joseph Humire , um especialista em segurança hemisférica e diretor executivo do Centro para uma Sociedade Livre e Segura com sede em Washington DC, disse ao PanAm Post .

“Ele é descendente de libaneses e é considerado o principal elo de contato com o governo venezuelano e o Hezbollah. Ele trabalhou com Nicolás Maduro quando era ministro das Relações Exteriores e foi essencialmente os olhos e ouvidos de El Aissami no Oriente Médio por um longo tempo ”, acrescentou Humire.

Nasr al-Din está na Venezuela, mas ele se move constantemente. Ele costuma estar na Colômbia, na República Dominicana ou no México. Ele é sancionado pelos EUA e procurado pelo FBI, mas não é procurado pela Interpol. Ele tem tanto poder que foi uma das principais pessoas encarregadas de projetar o sistema de imigração que a Venezuela empregava para fornecer passaportes ao Hezbollah ”, disse Humire. (Continua).

 

 Nasr al-Din tem sido repetidamente entrevistado por meios de comunicação alinhados ao Chavista, como Telesur e RT.

O regime de Hugo Chávez promoveu o tráfico de pessoas em todo o mundo, entregando ilegalmente pelo menos 10.000 passaportes venezuelanos a cidadãos da Síria, Irã e outros países do Oriente Médio.

Venezuela coronel Vladimir Medrano Rengifo, antigo director-geral do Escritório de Assuntos de Identificação e Migração da Venezuela, disse E l Nuevo Herald que, entre Maio de 2008 e Outubro de 2009, pelo menos 800 pessoas chegou à Venezuela a cada mês com um passaporte ilegal.

Medrano explicou que, quando El Aissami estava servindo como Ministro das Relações Internacionais, emitiu ordens para não deportar cidadãos que entrassem no país com documentos irregulares.

“Os passaportes eram legítimos, com curso legal, mas as pessoas que carregavam os documentos não eram realmente venezuelanos”, explicou.

Em 2015, um oficial do Corpo de Investigação Científica, Penal e Criminal (CICPC), identificado como Misael López Soto, que supostamente era conselheiro da embaixada da Venezuela no Iraque, confessou que era uma testemunha da ditadura venezuelana entregando documentos diplomáticos para terroristas do Oriente Médio.

Em um vídeo, López explicou que os funcionários da Embaixada vendem vistos, passaportes, cartões de identidade e certidões de nascimento venezuelanos para pessoas na Síria, Palestina, Iraque e Paquistão que pagaram entre 5.000 e 15.000 dólares para obter os documentos “sob a visão complacente do Autoridades diplomáticas venezuelanas. ” As declarações de López Soto coincidem com a prisão de cidadãos com passaporte venezuelano.

Em 2003, Hasil Mohammed Rahaham-Alan foi preso no Reino Unido, viajando com um suposto passaporte venezuelano em um voo da British Airways para o aeroporto de Heathrow, perto de Londres. Seu vôo partiu de Caracas e fez escalas na Colômbia e Barbados. Uma granada foi encontrada em sua bagagem; portanto, o terminal teve que ser evacuado e os militares tiveram que intervir. Por: Sabrina Martín é jornalista, comentarista e editora venezuelana com sede em Valência, com experiência em comunicação corporativa., do Panam Post.

 

 

 

 

Bolsonaro  assina plano para pessoas com deficiência (Continua).

 

Medida deve garantir saúde e condições para mais de 45 milhões.

O governo federal lançou hoje (6) o Plano de Contingência para Pessoas com Deficiência – projeto que visa mitigar o impacto socioeconômico das medidas adotadas durante a pandemia de covid-19 na vida de pessoas com necessidades especiais. O projeto beneficiará 45 milhões de brasileiros que possuem algum tipo de deficiência.

A iniciativa conta com o apoio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Ministério da Saúde, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Ministério das Comunicações, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ministério da Economia, Ministério da Defesa e Casa Civil.

 

 

 

 

Dívida Pública Federal sobe 2,17% em maio e vai para R$ 4,25 trilhões (Continua).

 

 É a primeira alta no endividamento em dois meses.

O arrefecimento das turbulências provocadas pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) e o baixo volume de vencimentos fizeram o endividamento do governo subir pela primeira vez em dois meses. A Dívida Pública Federal (DPF), que inclui o endividamento interno e externo do governo federal, subiu, em termos nominais, 2,17% em maio, na comparação com abril, informou hoje (24) a Secretaria do Tesouro Nacional. O estoque passou de R$ 4,161 trilhões para R$ 4,251 trilhões.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi), que é a parte da dívida pública em títulos no mercado interno, subiu 2,26% em maio, passando de R$ 3,944 trilhões para R$ 4,033 trilhões.

A alta deve-se, segundo o Tesouro, à emissão líquida de R$ 73,58 bilhões na DPMFi. Além disso, houve a apropriação positiva de juros (quando os juros da dívida são incorporados ao total mês a mês), no valor de R$ 15,28 bilhões. A emissão líquida de títulos da Dívida Pública Mobiliária Interna deu-se pela diferença entre o total de novos títulos emitidos pelo Tesouro Nacional – R$ 86,65 bilhões – em relação ao volume de títulos resgatados (embolsado pelos investidores), que somou R$ 13,08 bilhões.

Por causa da volatilidade do mercado provocada pela pandemia, o Tesouro tinha feito menos leilões em março e abril para não aceitar as taxas pedidas pelos investidores. No entanto, a melhoria das condições de mercado permitiu ao Tesouro retomar as emissões, principalmente de papéis prefixados e vinculados à taxa Selic.

Mercado externo

Depois de dois meses de forte alta, o estoque da Dívida Pública Federal Externa (DPFe), em circulação no mercado internacional, aumentou apenas 0,41%, passando de R$ 217,11 bilhões para R$ 218 bilhões de abril para maio. A dívida subiu apesar da queda de 0,01% no dólar observada no mês passado. Tradicionalmente, a moeda norte-americana é o principal fator de correção da dívida externa.

A variação do endividamento do Tesouro pode ocorrer por meio da oferta de títulos públicos em leilões pela internet (Tesouro Direto) ou pela emissão direta.

Além disso, pode ocorrer assinatura de contratos de empréstimo para o Tesouro, tomado de uma instituição ou de um banco de fomento, destinado a financiar o desenvolvimento de uma determinada região. A redução do endividamento se dá, por exemplo, pelo resgate de títulos, como se observou ao longo do último mês.

Este ano, a Dívida Pública Federal (DPF) deverá ficar entre R$ 4,5 trilhões e R$ 4,75 trilhões, segundo o Plano Anual de Financiamento (PAF) da dívida pública para 2020, apresentado em janeiro.

Detentores (Continua)

 

 As instituições financeiras foram as principais detentoras da Dívida Pública Federal interna, com 26,77% de participação no estoque. Os fundos de investimento, com 25,85%, e os fundos de pensão, com 24,88%, aparecem em seguida na lista de detentores da dívida.

Com a retirada de recursos de investidores internacionais do Brasil, decorrente da crise econômica, a participação dos não residentes (estrangeiros) caiu, atingindo 9,11% em maio. Este é o menor percentual de estrangeiros na dívida interna desde 2009. Os demais grupos somam 13,4% de participação, segundo os dados apurados no mês.

Composição

Quanto à composição da DPF de acordo com os tipos de títulos, a fatia dos papéis corrigidos por taxas flutuantes subiu para 38,85% do total da dívida. Em seguida, vieram os papéis prefixados, cuja participação aumentou de 28,85% para 29,41%, devido principalmente à emissão líquida e ao baixo volume de vencimentos no mês. Em maio, o Tesouro emitiu R$ 40,73 bilhões de papéis prefixados a mais do que resgatou.

A participação dos papéis corrigidos pela inflação caiu de 26,87% para 26,3%, por causa do alto volume de vencimentos desses papéis que ocorre no segundo mês de cada trimestre. Os títulos do grupo cambial, que sofrem variação com base na taxa de câmbio, tiveram sua participação reduzida de 5,54% para 5,44% do montante total da DPF, principalmente por causa da pequena queda do dólar no mês passado.

 

 

 

 

Em 24 horas, o Espírito Santo registrou 21 novas mortes e 522 casos foram confirmados.

 Com a atualização dos dados, o número de óbitos provocados pela covid-19 subiu para 2.565  e o de casos confirmados para 83.814 . Ao todo, 68.130 pacientes conseguiram se recuperar da doença.

As informações foram divulgadas são Painel Covid-19, plataforma digital da Secretaria de Saúde do Estado que mostra as notificações da doença, em tempo real.

Veja números da doença no Norte e Noroeste Capixaba:

Linhares 4.405; Colatina 3.727; Aracruz 2. 397;  São Mateus 1.386;  São Gabriel da Palha 933; Nova Venécia 644; Sooretama  543; Baixo Guandu 521; Ibiraçu 379; Pancas  359; Jaguaré 337;  Ecoporanga 339;  Pinheiros 327; João Neiva 322;  Barra de São Francisco 311;  Marilândia 294; Vila Valério 299; Jaguaré 283; Boa Esperança 277; Pedro Canário 272; Águia Branca 203; Rio Bananal 196; São Domingos do Norte 185; Conceição da Barra 173; Mantenópolis 157; Montanha 133; Água Doce do Norte 117; São Roque do Canaã 135; Alto Rio Novo 112; Lindenberg 105; Itaguaçu 82;  Laranja da Terra 63 ; Itarana 58; Ponto Belo 44; Vila Pavão 49; e Mucurici, 40.

Em Linhares, por bairros e localidades:

Interlagos: 423

Aviso: 327

Centro: 270

Bebedouro Centro: 225

São José: 220

Planalto: 192

Araçá: 187

BNH: 172

Santa Cruz: 166

Caic: 146

Conceição: 138

Movelar: 132

Shell: 130

Laguna: 119

Interlagos II: 114

Nova Esperança: 107

Canivete: 103

Interlagos 1: 100

Três Barras: 99

Palmital: 93

Juparanã: 92

Linhares 5: 87

Rio Quartel: 82

Vila Izabel: 50

Dr. Rodrigues  Maciel 45;

Perobas: 44

Colina e Jocafe 2: 42

Boa Vista: 41

Regência: 42

Lagoa do Meio e Residencial Rio Doce: 39

Bagueira: 28

Rio Quartel: 27

Jocafe: 25

Bairro Juparanã: 23

Povoação: 21

Farias: 20

Vila Betânia 19:

Pontal: 17

Guaxi: 15

Lagoa Park: 13

Humaitá: 12

Gaivotas: 12

Fonte Grande: 10

Chapadão do XV e Não Encontrado: 9

Córrego Japira e Nova Betânia: 8

Desengano 6:

 Chapadão das Palinhas 2 e São Rafael: 5

Jataipeba e Santo Hilário: 1

Fontes e fotos : Renova Mídia, Conexão Política, EBC e Panam Post. Vídeos: Redes sociais.

 

CONTINUA – Deputada Janaína senta o pau

 

CONTINUA –  Mundo todo está sabendo. o Mau dura, mas as forças de Luz sempre Vence, em nome do Senhor Jesus Cristo. Vamos orar pelo  nosso presidente, que corre riscos. As forças Negras e das Trevas já tentaram uma vêz.

 

CONTINUA –  Moradora reclama de festas para crianças no meio da rua

 

CONTINUA –  Casagrande adora Lúcifer – vamos orar por ele.

 

CONTINUA – Caio detona STF

 

CONTINUA –  Caio de novo.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *