Geral

5 MORTOS em Iconha e Alfredo Chaves devido a temporal, contabiliza Defesa Civil

Até a manhã deste sábado (18/01), foram registradas cinco mortes em decorrência das fortes chuvas no sul do Espírito Santo, sendo duas em Iconha e três em Alfredo Chaves. De acordo com a Defesa Civil, 32 pessoas estão desabrigadas ou desalojadas. Não foi divulgada identificação das vítimas fatais.

Os municípios mais atingidos pelas chuvas, Iconha e Alfredo Chaves, estão sem energia e moradores têm dificuldade de usar redes de telefonia móvel.

Um casal de idosos que foram soterrados morreram. Um neto deles sobreviveu. Não foi informado o nome das vítimas. De acordo com a prefeitura, há informação de mais uma vítima fatal, não confirmada. (Continua).

 A cidade foi alagada com o rio Benevente, principal manancial que corta cidade, transbordado,  famílias desalojadas, sem a ponte principal e com difícil acesso ao município.

Assim é a atual realidade de Alfredo Chaves, devido às chuvas fortes que caíram nas últimas 12 horas. A Defesa Civil Municipal, com a colaboração dos secretários municipais, vem acompanhando a situação de perto, e informa que a cidade está em estado de ALERTA MÁXIMO. Um comitê de crise será montado assim que a equipe municipal conseguir entrar na cidade.  (Continua).

 A Defesa Civil insiste e pede as famílias em área de risco, encostas que busquem lugares seguros ou ainda outras já fora de casa não retornem sem segurança.

O Sistema de Abastacimento de Àgua e Esgoto (SAAE), pede que a população economize no uso de água, pois a cidade já está sem abastecimento, devido as fortes chuvas. (Continua).

 O Ginásio de Esportes Municipal ja está aberto para receber as familias desalojadas. (Continua).

, Em caso de emergência, a Defesa Civil Municipal deve ser acionada pelo telefone: (27) 98134-2415. Fonte: Jornal O Fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *