FUNDACAO RENOVA Programa de Formação de Lideranças Jovens está com 500 vagas abertas em Minas Gerais e no Espírito Santo FOTO PIXABAY
Economia

FUNDAÇÃO RENOVA – Programa de Formação de Lideranças Jovens está com 500 vagas abertas em Minas Gerais e no Espírito Santo

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

Estão abertas as inscrições para o Programa de Formação de Lideranças Jovens, que será realizado em 41 municípios no Espírito Santo e em Minas Gerais. O objetivo do projeto é incentivar a participação de jovens, com idades entre 15 e 29 anos, e oferecer capacitação em dois eixos: formação na temática socioambiental e desenvolvimento/implementação de projetos de impacto socioambiental nas áreas da bacia do rio Doce. A inscrição é gratuita e estão sendo oferecidas 500 vagas.

Os selecionados vão receber um auxílio mensal de R$ 485 durante 13 meses, mediante presença nas atividades. Após completarem o período de formação e orientação dos participantes, os projetos realizados poderão receber um incentivo de até R$ 50 mil para cada iniciativa. Essa é a terceira edição do projeto que já capacitou cerca de 1.700 jovens residentes em municípios de Espírito Santo e Minas Gerais.

Inscrições:

“Pulsar Jovem pelo Rio Doce”:   até o dia 19/02.

Cidades:  Alpercata, Barra Longa, Belo Oriente, Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Córrego Novo, Conselheiro Pena, Dionísio, Fernandes Tourinho, Galileia, Governador Valadares, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Marliéria, Mariana, Naque, Periquito, Pingo D’Água, Ponte Nova, Raul Soares, Rio Casca, Rio Doce, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Santana do Paraíso, Santa Cruz do Escalvado, Sem Peixe, Sobrália, Timóteo e Tumiritinga.

Inscrições no site: https://fgpa.org.br

 “Lideranças Jovens – Seja protagonista da sua história”: até o dia 23/02.

Cidades: Aimorés, Itueta e Resplendor, Baixo Guandu, Colatina, Marilândia, Linhares e Aracruz.

Inscrições no site: https://projeto.liderancasjovens.com.br

Fundação Renova

A Fundação Renova foi instituída por meio do Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC) assinado após o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, e os governos Federal, de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *