Economia

DOAÇÃO DE ARROZ e FEIJÃO – Mais de 300 mil toneladas da reserva estratégica foram doados para mais de 35 países desde 2009

 Brasil doa  toneladas de arroz e feijão  a Cuba, Faixa de Gaza e países africanos.

 Esta doação foi  parte de um fundo de 710 mil toneladas de alimentos que foi criado pelo Brasil em 2011 para apoiar as operações do PMA em nível mundial. Em fevereiro de 2019, 19,4 toneladas de arroz foi também encaminhada para Cuba, através da Companhia nacional de Abastecimento (Conab) (Fonte – Estadão – 10/02/2009). Brasil doa 13.800 toneladas de arroz para países africanos através de Programa Mundial de Alimentos (Fonte: naçoesunidas.org – 27/09/2009). Cuba receberá 625 toneladas de feijão brasileiro . Arroz e feijão produzidos no Brasil estão sendo enviados à Cuba e à Faixa de Gaza. O produto foi  enviado em sacas de 50 quilos, de acordo com informações da Conab. 01/1/2015.

Publicado em: 20/12/2012 às 19h18 pela Revista Exame

Havana – O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) anunciou nesta quinta-feira a chegada a Cuba de uma carga de 25 mil toneladas de arroz doadas pelo Brasil para apoiar programas de assistência social.

Esta doação é parte de um fundo de 710 mil toneladas de alimentos que foi criado pelo Brasil em 2011 para apoiar as operações do PMA em nível mundial.

A embarcação ”MV Nahide” transportará a carga que será descarregada nos portos de Havana e da cidade oriental de Santiago de Cuba, detalha a nota divulgada pelo PMA na capital cubana.

”Por meio de um eficiente processo de irmanação, o Brasil doa os alimentos enquanto Cuba cobre os custos de transporte e armazenamento dos alimentos, que para esta carga ascendem a US$ 2,7 milhões, sendo esta a primeira vez que o Governo cubano participa deste processo”, explica.

 A nota também destaca que Cuba entrega ao PMA há mais de 12 anos uma contribuição anual de 2,5 mil toneladas de açúcar.

”Estamos muito agradecidos ao Governo e ao povo do Brasil por esta contribuição.”, disse o diretor regional do PMA, Gemmo Lodesani, durante uma recente visita à ilha. (Continua).

 

Havana

 

Também indicou que o Brasil vem desempenhando um papel cada vez maior na assistência humanitária e que esta nova doação ”confirma seu compromisso com os quais mais necessitam. A generosidade de Cuba, compartilhando o que tem, é também admirável” acrescentou.

A nota ressalta que o Brasil doou mais de 300 mil toneladas de alimentos a 35 países através do PMA desde 2011 e que suas contribuições aumentaram de US$ 1 milhão em 2007 para mais de US$ 82 milhões durante 2012, o que colocou o país entre os dez maiores doadores dessa agência humanitária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *