dívida bruta do Brasil chega a quase 80% do PIB; as estatais, em abril, apresentaram um saldo negativo de R$ 698 milhões, de acordo com os dados do Banco Central
Economia

Desastre: dívida bruta do Brasil chega a quase 80% do PIB; as estatais, em abril, apresentaram um saldo negativo de R$ 698 milhões, de acordo com os dados do Banco Central

 

VENDO

 

 

 

São Paulo (Reuters) – A dívida bruta do Brasil registrou um aumento em abril, enquanto o setor público consolidado apresentou um superávit primário bem mais fraco do que o esperado, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (29) pelo Banco Central.

A dívida pública bruta do país, como proporção do Produto Interno Bruto (PIB), fechou abril em 76,0%, contra 75,7% no mês anterior. Já a dívida líquida atingiu 61,2%, em comparação com 61,1%. O resultado da dívida líquida ficou acima da expectativa de 61,0% conforme pesquisa da Reuters.

No mês de abril, o setor público consolidado registrou um superávit primário de R$ 6,688 bilhões, valor significativamente abaixo da expectativa dos economistas consultados na pesquisa da Reuters, que previam um saldo positivo de R$ 14,8 bilhões.

Os dados mostram que o governo central teve um superávit de R$ 8,762 bilhões, enquanto os Estados e municípios registraram um déficit primário de R$ 1,377 bilhão. Além disso, as estatais apresentaram um saldo negativo de R$ 698 milhões, de acordo com os dados do Banco Central. Foto: Pixabay. Fonte: https://terrabrasilnoticias.com/2024/05/desastre-divida-bruta-do-brasil-chega-a-quase-80-do-pib/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *